terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Fechamento do mês - Dezembro de 2013

O fim do ano chegou. O tão aguardado rally de final de ano não aconteceu e o rendimento de diversas carteiras esmoreceu. O índice Ibovespa já está há anos andando de lado e não há qualquer sinal de que em breve isto será modificado.

Falando do índice, o destaque positivo do mês foram CSNA3, DASA3 e USIM3, com subidas respectivas de 20,74%, 19,54% e 14,14%. No campo negativo foram ALLL3, PETR3 e BRML3, com -15,90%, -12,72% e -10,97%.

Vamos aos números:

sábado, 21 de dezembro de 2013

Simulação de compras periódicas – ETER3

A história não pode ser esquecida, pois através dela os investidores evitam a repetição dos erros que foram cometidos e aprimoram suas estratégias através dos acertos encontrados. Nem sempre é preciso errar para aprender. Sábio é aquele que aprende com o erro dos outros.

Nesta série simulamos compras periódicas de empresas com perfis diferentes.
A primeira simulação foi da Embraer, representante nacional de produção de aeronaves, postagem que poderá ser acessada clicando AQUI. Acompanhamos a história do Zé Teimoso, que insistia em comprar ações da empresa. No final das contas, este investimento apresentou um resultado péssimo, menor do que a poupança, pelo menos no período estudado.

A segunda simulação foi da Souza Cruz, tradicional fabricante de cigarros, postagem que poderá ser acessada clicando AQUI. Vimos que Zé Abastado era mais informado que seu primo, obtendo resultados espetaculares. Poucas ações da bolsa retornaram tanto para o acionista.

A terceira simulação foi da Companhia Siderúrgica Nacional, maior indústria siderúrgica do Brasil e da América Latina, postagem que poderá ser acessada clicando AQUI. Sua performance na bolsa brasileira foi marcada por um período de glória e outro de danação. Vimos que o investidor comprou a ação a preços bem diferentes, alguns bem abaixo e outros bem acima do preço atual.

Simulamos então empresas de três tipos. Uma decepcionante, uma espetacular e outra cíclica. Com o objetivo de transformar esta série de compras periódicas em algo além do que uma simples simulação, seria interessante estudarmos o comportamento de uma empresa que obteve um padrão diferente.

A próxima ação a ser analisada possui como característica o alto retorno proveniente do pagamento de dividendos. 

domingo, 15 de dezembro de 2013

Concursos públicos – Dicas gerais – Parte 2

Na postagem de Introdução desta série falei que compartilharia com vocês algumas experiências que obtive no percurso para me tornar um servidor público.
Esta postagem tem por objetivo retratar algumas dicas gerais a respeito de preparação para concursos públicos. Como esta série de postagens é um punhado de dicas derivadas de minha experiência, é natural que muitos concursados ou concurseiros discordem de algumas delas ou tenham realizado a dica, mas de forma diferente. Cada pessoa possui um perfil e dificilmente encontraremos uma regra ou método que se aplica a todas as pessoas, principalmente quando o assunto é estudar para concurso. De qualquer forma, a abordagem de dicas pode gerar discussões úteis tanto para quem participa da discussão, quanto para quem apenas observa. Veremos abaixo mais algumas dicas que reuni:

domingo, 8 de dezembro de 2013

E se... a EBX tivesse dado certo?



Até quem não participa do mercado sabe que os projetos de Eike Batista e de sua holding EBX chegaram nem perto do prometido. Dezenas de milhares de investidores perderam fortunas ao investir em empresas como OGX, LLX e MMX. Alguns dizem que foi criado um excesso de propaganda através de um fortíssimo marketing, abrangendo desde o caractere “X” do nome das empresas, a megalomania dos projetos até o posicionamento do acionista controlador perante o futuro. Vemos pela internet diversos acionistas lamentando o ocorrido, culpando Eike Batista, a Bovespa e a CVM. Mas e se os projetos tivessem dado certo? Será que alguns acionistas escreveriam textos semelhantes ao que está a seguir, desdenhando completamente o alto risco que correram

(Abaixo há a retratação de um blog fictício através de imagens. Tentei postar como uma imagem única mas não consegui redimensioná-la para o tamanho adequado. Por isso precisei cortar a imagem em diversos pedaços.)

domingo, 1 de dezembro de 2013

Fechamento do mês - Novembro de 2013

Mais uma vez BBAS3 fez o movimento de queda após subir bastante, o que prejudicou sensivelmente minha rentabilidade mensal. Muitas notícias estão surgindo e o mercado fica nervoso.

O que me deixou muito chateado neste mês foi a saída do estimado colega Zé Mobral, após ser descoberto. Cheguei a ver a mensagem do sujeito perguntando se o Zé Mobral conhecia um fulano de tal, professor de uma escola. Ao ler isso sabia que não ia acabar bem. 2 horas depois, quando voltei ao blog, este estava desativado. Uma pena pois ele era um investidor que agregava bastante, muito gente boa. Felizmente ele ainda está entre nós.

No campo do Ibovespa, destaque positivo para KROT3, AEDU3 e GFSA3, com subidas respectivas de 19,86%, 18,36% e 11,88%. No campo negativo foram RSID3, MMXM3 e BISA3, com -21,74%, -21,18% e -20,57%.

Vamos aos números:

sábado, 23 de novembro de 2013

Concursos públicos – Dicas gerais – Parte 1



Na postagem de Introdução desta série falei que compartilharia com vocês algumas experiências que obtive no percurso para me tornar um servidor público.
Esta postagem tem por objetivo retratar algumas dicas gerais a respeito de preparação para concursos públicos. Como esta série de postagens é um punhado de dicas derivadas de minha experiência, é natural que muitos concursados ou concurseiros discordem de algumas delas ou tenham realizado a dica, mas de forma diferente. Cada pessoa possui um perfil e dificilmente encontraremos uma regra ou método que se aplica a todas as pessoas, principalmente quando o assunto é estudar para concurso. De qualquer forma, a abordagem de dicas pode gerar discussões úteis tanto para quem participa da discussão, quanto para quem apenas observa. Veremos abaixo algumas dicas que reuni:

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Concursos públicos – Desculpas esfarrapadas

Na postagem de Introdução desta série foi falado que eu compartilharia com vocês algumas experiências que obtive no percurso para me tornar um servidor público.
Esta postagem tem por objetivo colocar em evidência as maiores desculpas pronunciadas pelas pessoas que não passaram nos concursos. Tenho certeza que você já ouviu (ou quem sabe falou) algumas delas.

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Concursos públicos – Lendas urbanas

Na postagem de Introdução desta série, foi falado que eu compartilharia com vocês algumas experiências que obtive no percurso para me tornar um servidor público.
Esta postagem tem por objetivo colocar em evidência as maiores lendas urbanas envolvidas em concursos públicos. Antes de tudo, é importante destacar que a maioria das lendas descritas abaixo é falada por pessoas que não passaram em concursos. Muitas destas pessoas sequer tentaram realizar uma prova. Acredito que este argumento já é suficiente para não dar total credibilidade ao que é falado por aí. De qualquer forma, veremos abaixo uma pequena lista delas:

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Concursos públicos – Introdução



Como servidor público, afirmo para vocês que não foi fácil chegar ao meu atual cargo. Passei por muitas dificuldades, abri mão de diversas coisas e me submeti a condições que muitas pessoas não estariam dispostas a se submeterem. Mesmo assim, ainda não larguei esta vida de concurso. Além de concursado, continuo sendo concurseiro. 


Muitos brasileiros sonham com o ingresso no serviço público. A maior motivação é sem dúvidas a possibilidade de conseguir um salário acima da média, além de contar com a estabilidade. Não colocarei (nem queria que vocês colocassem) em mérito a utilidade do serviço público. Já li diversas críticas na internet, como por exemplo indivíduos falando que serviço público é para quem não tem capacidade de encarar a iniciativa privada, ou que almejar o serviço público é um malefício à sociedade. É como se o concurseiro cometesse um crime por tentar ser servidor público.


Se você tem esta visão, esta série de postagens não tem qualquer utilidade para você. Por isso seria interessante que você parasse de ler aqui. Digo isso porque estas postagens terão o propósito de compartilhar minhas experiências nos concursos públicos. Não estou empossado em um concurso TOP, mas garanto que a mecânica para obter êxito em concursos, seja ele qual for, não é tão diferente.


Se você tem uma mente mais aberta e vê o cargo público como um serviço parecido com outro qualquer ou que enxerga as atratividades que o serviço público oferece, mas não tem ideia de como começar, então esta série de postagens poderá ter utilidade para você.

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Fechamento do mês - Outubro de 2013

Outubro finalizou com um esperado pedido de Recuperação Judicial da OGX, que era a menina dos olhos de Eike Batista. Tirando esta e algumas outras empresas, o Ibov de novo fechou com uma subida, quase em linha com o mês passado.

De minha parte, disse para vocês que meu aporte do mês seria bem baixo, com chances de nem acontecer. Depois de diversos gastos, consegui reservar a migalha de cem reais. É melhor que nada, não? Gostaria de ter capacidade de aportar centenas de milhares de reais, mas infelizmente não tenho.

No mês passado eu estava pessimista com a possibilidade de atingir minha meta de 95k para o final desteano. Depois deste mês fiquei mais tranquilo, como vocês verão. Na verdade, como o colega Pobretão disse, há sim a chance de atingir os 100k até o final do ano. Se a bolsa pelo menos ficar de lado até o final do ano, é possível que eu atinja os 100k apenas com meus aportes. Entretanto, já vi diversas vezes este movimento com o BBAS3. Subir muito e depois voltar para o patamar da casa dos 25 reais, o que poderia dificultar. Mas tudo bem, pois minha meta é 95k. Se atingi-la, considerarei este ano como positivo.

No campo do Ibovespa, destaque positivo para MMXM3, GOAU4 e GGBR4, com subidas respectivas de 41,66%, 5,19% e 4,68%. No campo negativo foram foram OGXP3, MRFG3 e GFSA3, -23,52%, -5,4% e -3,5%.

Vamos aos números:

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Compilação de datas de divulgação de resultado

Quem investe em ações para o longo prazo adora as épocas de divulgação dos balanços. Apesar de serem apenas 4 vezes ao ano, a divulgação de resultados são bem aguardadas. Muitas informações importantes podem ser retiradas destas divulgações, que podem determinar na tomada de compra, venda ou manutenção das ações de uma empresa.

Uma dificuldade que muitos investidores possuem é a de acompanhar as datas que estes balanços serão divulgados. Como muitos investem em dezenas de empresas, diversas vezes não sobra tempo para acessar todas as seções de Relação com Investidores e anotar a data da divulgação de cada uma.

Um local que compila todas as datas de divulgação é o portal do Infomoney, particularmente na guia 'Agenda'. Ela pode ser acessada clicando AQUI.

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Você pergunta, o blog responde – 11

Hoje quem faz a pergunta é o colega Alan.

“Amigão, uma dúvida: se tenho um estoque de 100 ações compradas a 1,50. Num certo dia, vendo essas 100 ações a 1,50, e neste mesmo dia recompro estas 100 ações a 1,30, e em seguida, também no mesmo dia, vendo elas a 1,40. Minha duvida, a corretora trata a venda das ações a 1,50 e a compra a 1,30 como um Day Trade, e a venda a 1,40 como sendo a venda do estoque que tinha anteriormente. Está correto isto? Acaba sendo pior para mim pois a base de calculo do Day Trade é a maior possível. Obrigado.!!!”

Olá Alan,
Esta é uma excelente pergunta. Imagine quantas pessoas fazem operações deste tipo e ficam se perguntando se a corretora tratou corretamente as informações. Para melhor entendimento de quem está lendo esta postagem, vamos primeiro colocar as operações em ordem: 

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Livro - O Tao de Warren Buffett

Qual investidor nunca ouviu falar de Warren Buffett, considerado por muitos o maior investidor que já existiu? Além de sua incrível maestria em analisar empresas, Warren Buffett tem a capacidade de transmitir sabedoria através de simples frases, de forma que qualquer pessoa possa entender.

Foi baseado na sabedoria de Warren Buffett que Mary Buffett e David Clark conceberam o livro "O Tao de Warren Buffett". O termo Tao vem do Taoismo e significa caminho, via ou princípio. Nesta obra, os autores reuniram diversas frases de sabedoria de Warren Buffett, buscando interpretá-las para que o leitor aplique estes ensinamentos em suas finanças.

Mary  Buffett

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Fechamento do mês - Setembro de 2013



Este Setembro foi atípico de acordo com as teorias de calendário, pois continuamos com altas na bolsa. Meu aporte veio bem abaixo dos habituais mil e duzentos reais e em outubro nem sei se aportarei. Estou gastando para cumprir alguns protocolos sociais. Como não posso mais dilapidar minha reserva de emergência, o aporte sofre. O problema é que ficará mais difícil de atingir minha meta de 95k para o final deste ano. Dependerei muito mais da bolsa do que dos aportes, que deverão voltar à normalidade apenas em dezembro, se nada mais acontecer. É uma pena que esteja acontecendo isso, mas tenho fé de que daqui a alguns anos poderei aumentar sensivelmente meus aportes. Paciência é virtude.

No campo do Ibovespa, destaque positivo para OIBR4, GFSA3 e OIBR3, com subidas respectivas de 29,52%, 27,86% e 27,24%. No campo negativo, nenhuma surpresa. As empresax que mais caíram foram OGXP3, MMXM3 e EMBR3, -30,0%, -28,57% e -8,79%.

Vamos aos números:

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Informações sobre o Tesouro Direto

Estava preparando para vocês uma Série Mastigado sobre o Tesouro Direto, mas o próprio site do Tesouro Direto fenece informações completas, bacanas e de linguagem simples. Reunirei abaixo alguns links importantes para quem se interessa por esta modalidade de investimento e quer tirar dúvidas:

É a página oficial do Tesouro Direto. Em nenhum outro lugar encontraremos informações mais confiáveis. Vale a pena dar uma conferida.

Primeira vez
Se você somente ouviu falar do Tesuoro Direto mas não tem ideia do que seja, clique neste link.

Neste link estão reunidas as dúvidas mais recorrentes sobre o Tesouro Direto. Quando uma dúvida surgir, provavelmente ela estará respondida lá.

Quer investir no Tesouro Direto pagando as menores taxas do mercado? Este link pode te ajudar.

Alguns custos não dependem da corretora, pois são referentes ao investimento. Neste link você poderá se informar melhor sobre estes custos.

Através deste link você poderá consultar as taxas, vencimento e os preços dos títulos do dia.

Esta calculadora permite que você faça simulações de compra de títulos, tendo ideia de quanto receberá no dia do vencimento ou em caso de venda antecipada.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Simulação de compras periódicas – CSNA3

A história não pode ser esquecida, pois através dela os investidores evitam a repetição dos erros cometidos e aprimoram suas estratégias através dos acertos encontrados. Nem sempre é preciso errar para aprender. Sábio é aquele que aprende com o erro dos outros.

Nesta série de compras periódicas, vimos simulações de compras de duas empresas totalmente diferentes. 

A primeira simulação foi da Embraer, representante nacional no desenvolvimento e produção de aeronaves, postagem que poderá ser acessada clicando AQUI. Acompanhamos a história do Zé Teimoso, que insistia em comprar ações da empresa. No final das contas, este investimento apresentou um resultado péssimo, menor do que a poupança, pelo menos no período estudado.

A segunda simulação foi da Souza Cruz, tradicional fabricante de cigarros, postagem que poderá ser acessada clicando AQUI. Vimos que Zé Abastado era mais informado que seu primo, obtendo resultados espetaculares. Poucas ações da bolsa retornaram tanto para seus acionistas.

Simulamos então empresas de dois tipos. Uma decepcionante e outra espetacular. Com o objetivo de transformar esta série de compras periódicas em algo além do que uma simples simulação, seria interessante estudarmos o comportamento de uma empresa que obteve um padrão diferente.

Imagine você durante anos comprando ações de uma empresa considerada boa. Conforme os anos forem passando, é natural que as ações de empresas boas fiquem “mais caras”, pois estas empresas se tornam cada vez maiores e lucram mais com o passar do tempo. Imagine ainda que, após um bom tempo comprando ações cada vez mais caras, esta ação boa se transforme em uma ruim (ou não tão boa como antes). Qual seria o retorno de um investimento deste tipo?

sábado, 31 de agosto de 2013

Fechamento - Agosto de 2013

Mês de agosto é um mês de entrega de balanços. De minhas empresas, achei bons os balanços da CCRO, CIEL, ETER, PRBC; razoáveis VALE, BBAS e muito bons MDIA e EZTC3.

No campo do Ibovespa, destaque positivo para LLXL3, CSNA3 e MMXM3, com subidas respectivas de 48,9%, 32,2% e 31,5%. Mas se engana quem pensa que é hora da virada das empresas X. No campo negativo, destaque para OGXP3, SBSP3 e OIBR4, com quedas de -54,5%, -16,2% e -15,5%.

Aportei meus habituais mil e duzentos reais. Ainda não fiz minha planilha de gastos previsto para o mês, mas é quase certeza que aportarei bem menos em setembro, devido a gastos que surgirão.

Vamos aos números:

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Seja um pitecofóbico. Fuja dos micos da bolsa!



Se em todo o seu histórico como investidor em ações não há qualquer sinal de compra ou venda de micos, considere-se uma pessoa sortuda. Infelizmente não é o meu caso.

Em 2008 estava all-in (termo utilizado quando se coloca todos os ovos em uma mesma cesta) em uma empresa chamada Ecodiesel, principalmente porque sua cotação estava a preços “baixos”, na casa dos centavos (o que na verdade é uma das maiores tolices da bolsa). Esta “dica” foi de um colega de época, que tinha mais tempo de bolsa. Na época, se não me engano, ela caiu de R$1,30 para R$1,10. Ele me falou que “pior do que está não fica”. Pois é. Este jargão ficou na minha cabeça. Parecia muito óbvio que uma ação que tinha preço de R$1,10 e que já custou R$1,30 tinha mais possibilidade de subir do que cair. Afinal de contas, ela custava apenas R$1,10.

Então lá fui eu fazer um all-in numa empresa que nem sabia o que fazia ou do que se tratava. 

A ação subiu para cerca de R$1,20 e eu estava muito feliz. Comprei mais. Depois ela começou a cair, cair, até que não aguentei e vendi quando estava em R$1,05. Desde então a cotação tem caído ou estacionado.

Todo mundo tem um passado negro, mas este passado foi importante para mim. Após este episódio mudei o foco dos meus investimentos, estudei e vi que o que eu estava operando era um mico.

Mico é um apelido carinhoso para aquelas empresas que apresentam prejuízos recorrentes, altamente endividadas, sempre cheias de desculpas e problemas judiciais, tudo indicando que entrarão em processo de falência. São empresas obscuras, com administração duvidosa, algumas vezes com sedes em países exóticos. Nos fóruns da internet, seus tópicos estão sempre movimentados com pessoas utilizando expressões como “cotação vai foguetar” ou “ação vai bombar”.

sábado, 10 de agosto de 2013

Planilha de controle de Patrimônio

Depois de alguns pedidos, criei esta planilha que poderá ser utilizada para controlar o patrimônio. Para ser sincero com vocês, acho que uma grande quantidade de planilhas é muito esforço para pouco resultado. Se você está contente com o seu controle atual e não sente necessidade de registrar mais informações, então continue com seu modo de controlar. No entanto, se você quer saber cada detalhe de seus investimentos, mas tem pouca habilidade para utilizar os programas de planilhas ou de criar fórmulas, esta planilha poderá ajudá-lo.

A regra geral da planilha é simples: somente altere as células verdes.

Esta planilha permite que o investidor (1) acompanhe a evolução de seu patrimônio e (2) compare a rentabilidade de seu patrimônio com outros índices.

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Fechamento do mês - Julho de 2013

Mais um mês passou e nada de muito novo aconteceu. Bolsa com uma tímida subida, empresas do grupo X caindo, maridos da blogosfera brincando com suas esposas e empresas divulgando balanços. Da minha carteira duas já apresentaram. M. Dias Branco apresentou um balanço muito bom. Em contrapartida, Tractebel apresentou um resultado razoavelmente fraco, na minha modesta opinião. Mas nada decepcionante.
Do Ibovespa, BTOW3 continua em um forte zig zag e apresentou neste mês uma subida de 61,8%, sendo destaque com USIM3 e BBGR4, com 17% cada. No lado negativo temos a campeã OGXP3, com -16,4%, seguido de PDGR3 e RSID3, com -12,8% e -8,9%.
O aporte do mês foi de 3 mil reais, mas o combustível está no fim. Voltarei aos aportes na casa dos mil reais até o recebimento do 13º salário, quando poderei aportar algumas migalhas a mais.

sábado, 20 de julho de 2013

Não tenha desdém de investir pequeno

Não é raridade encontrarmos artigos de um jornal ou uma matéria na televisão mostrando que a maioria das pessoas tem o costume de se endividar. Não só no Brasil. No mundo a fora, endividar é uma atividade considerada normal e praticada rotineiramente.

Dentre os que não se endividam há aqueles que permanecem no equilíbrio. Não gastam demais, nem poupam demais. Muitos têm uma pequena reserva de dinheiro acumulada, pronta para ser utilizada em casos emergenciais.

Outro grupo de pessoas que não se endividam são aqueles pequenos poupadores. Esta minoria populacional gasta menos do que ganha e guarda o restante, todos os meses. São investidores potenciais. Mas não investem. Ao deixar seu dinheiro na poupança, considerada erradamente como o investimento mais seguro, este grupo pensa que investe, mas se engana.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

O que é contrato a termo?

Recentemente nosso estimado colega Bons Dividendos realizou uma postagem falando sobre a realização de um termo. Não apenas ele como o colega Dimarcinho também ocasionalmente realiza operações com termos. Mas a pergunta que muitas vezes paira na cabeça das pessoas é “afinal de contas, o que diabos é termo?”

Neste sentido, abordarei de forma esclarecedora o que eles são. É importante aprendermos o funcionamento de algumas operações na bolsa para não restringirmos nossa troca de ideais com um “não entendo seu funcionamento, mas te desejo sorte na operação” toda vez que vemos alguém operando algo que não entendemos. Para isso, me limitarei a explicá-los de forma teórica, suprimindo alguns detalhes se for necessário para estabelecer um entendimento mais claro.

Esta postagem se dedica apenas para aqueles investidores que não sabem nada de termos. Se você já os opera, esta postagem pouco tem a te oferecer. Como a postagem tem apenas o intuito de esclarecer o sentido da operação, não serão abordados os termos na prática, apenas na teoria. Então vamos lá?

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Fechamento do mês - Junho de 2013

Mês agitadíssimo. De uma hora para outra centenas de milhares de pessoas decidiram protestar nas ruas. Não se falava em outra coisa na mídia e nas redes sociais. Particularmente apoio esta iniciativa e fiquei grato ao ser uma destas milhares de pessoas. Só senti falta de uma organização ou de uma figura liderando as manifestações, colocando objetivos mais concretos do que "menor corrupção" e "maiores investimentos em educação e saúde". Sim, tem o movimento Passe Livre, mas não creio que este movimento era o articulador de todos os protestos. A Dilma só convidou integrantes deste grupo para uma reunião porque não havia mais ninguém para chamar.

No campo dos investimentos, tudo caindo. Ações caindo. Títulos do Tesouro Nacional caindo. Fundos imobiliários caindo. Por um lado, como invisto nos três, sofri em todos. Por outro lado, com a mesma quantidade de dinheiro poderei comprar maior quantidade de ações, títulos e FII. Já estou achando os FII atraentes, assim como os títulos. Já tem gente até comparando o momento atual de ações com a crise de 2008. Acho isso muito exagerado. Estou interpretando isso como uma queda natural da bolsa. Estou vendo gente perdendo o controle, mudando estratégias ou até festejando esta queda. Ela ainda não chegou a me comover. É uma boa queda sim, mas não tem ainda as características do episódio de 2008, onde muitos testemunharam diversos circuit breakers. Mas claro, quanto menor o preço das ações, maior são suas margens de segurança. A CGRA4, por exemplo, é uma ação que estou flertando já faz um bom tempo, ensaiando uma entrada. Talvez o mês de julho será o mês que darei minha fisgada.

No campo dos aportes, tinha falado com vocês que neste mês meus aportes seriam abaixo da minha meta mínima de 1200 reais. Ledo engano. Recebi inesperadamente a restituição de meu imposto de renda. Não sabia que o receberia neste mês. Eu tinha programado desde o ano passado em investi-lo inteiramente em Tesouro Direto e Fundos imobiliários. Mas com essa queda das ações, decidi investir nelas. Coloquei uma parte desta restituição neste mês e reservei uma parte para o mês que vem.

Peço desculpas às pessoas que acompanham o blog pelo tempo que fiquei sem realizar postagens. Minha última postagem foi no dia 18 de junho e, como tenho o costume de fazer postagens mais ou menos de oito em oito dias, era para ter feito mais uma postagem antes de finalizar este mês. O que aconteceu é que já estou começando a estudar para um concurso público que, pelas minhas contas, deverá acontecer daqui a uns 2 anos. É um concurso TOP, de boa remuneração e de poucas vagas. Só não vou dizer o nome do concurso porque não tem a menor relevância para o blog. Se tudo der certo, vou me formar na faculdade e emendar com este cargo. Quando eu coloco uma coisa na cabeça, costumo ir até o final. Acredito que meu pique em fazer postagens pode dar uma diminuída, mas mesmo assim pretendo fazer pelo menos duas postagens por mês, sem contar com a de fechamento.

Neste mês o Ibovespa sofreu uma queda de -11,31%. Por que? Muitas falam que é o risco da inflação. Outros atribuem parte da queda aos protestos. Risco de outro Pibinho? Telexfria? Conjuntura internacional? Perspectiva negativa de mudança de nota brasileira pelas agências de risco? Me contento somente em saber que a força vendedora foi maior do que a força compradora. Na minha estratégia o importante é focar na saúde de minhas empresas e acumular a maior quantidade possível destas, desde que seus preços sejam razoáveis.

No mês as ações do Ibovespa que mais brilharam foram SUZB5, FIBR3 e EMBR3, com subidas de 6,59%, 5,32% e 5,17%, respectivamente. Alias, a Embraer está arrebentando neste ano, com uma subida de 42,89%. Zé Teimoso deve estar rindo a toa. No campo negativo são as mesmas de costume. OGXP3, LLXL3 e BTOW3, com quedas de -42,75%, -41,76% e -34,17%, respectivamente.

Vamos aos números:

terça-feira, 18 de junho de 2013

[OFF] Protestos

Se você não vive em uma bolha sem contato com o mundo, então com certeza você está informado sobre o que está acontecendo no Brasil. 
Há uma série de protestos em diversas cidades do Brasil, inicialmente desencadeados pelo aumento de R$0,20 na passagem de ônibus em São Paulo. Sinceramente eu não imaginava que o protesto de São Paulo desencadearia diversos outros em diversas cidades brasileiras. O que era uma manifestação contra o aumento de R$0,20 na passagem de ônibus se transformou em insatisfação contra a corrupção, picuinhas no Congresso, proposta de emenda constitucional absurdas, alto custo de vida, gastos faraônicos nos estádios e o de sempre, falta de atenção à saúde a à educação.

sábado, 15 de junho de 2013

A empresa perfeita para se investir, segundo Peter Lynch



Sem qualquer dúvida, o livro “O jeito Peter Lynch de investir”, cuja descrição poderá ser vista AQUI, é um dos livros que contribuíram para a montagem de minha estratégia. Nele, Peter Lynch reuniu o que considera como os treze atributos favoráveis mais importantes na hora de selecionar suas empresas. Nesta postagem abordarei um pouco sobre estas treze características. Para cada critério, citarei um trecho do livro, tecerei alguns comentários e tentarei encontrar alguma empresa da bolsa brasileira que o atenda.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Um pouco de minha estratégia

Inspirado na postagem do nosso estimado colega Zé Mobral, onde ele abordou alguns aspectos de sua estratégia de investimento em ações, resolvi também criar uma postagem contando um pouco sobre a minha. Na realidade, sempre tive receio de contar minha forma de investir. Não que eu me ache um guru ou algo do tipo. Pelo contrário. Cometo muitos erros e estou aprendendo a cada dia que passa. Meu receio é de que copiassem esta estratégia sem considerar que ela é pessoal. É aí que mora o perigo. Primeiro porque não é possível colocar todos os aspectos de uma estratégia em postagens. Segundo porque como disse, há diversos pontos falhos, o que faz com que a cada dia ela se aprimore. Além disso, é uma estratégia que está de acordo com meu perfil, e ninguém além de mim a entenderá e a executará melhor.
Como o método é individual, algumas coisas que escreverei podem soar um tanto quanto absurdas para alguns investidores, sendo que para mim são levadas na maior naturalidade. Espero que você encare minha abordagem (e outras abordagens) apenas para fins de curiosidade, podendo ou não servir para agregar novas ideias e para aprimorar sua própria abordagem de investimentos.
Convido também outros blogueiros para a criação de uma postagem relatando um pouco sobre seu modo de investir. Com certeza esta série de postagens seria enriquecedora para a blogosfera.

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Fechamento - Maio de 2013

A bolsa neste mês desempenhou de forma semelhante ao mês passado. Enganou muita gente com uma singela subida mas depois perdeu força e acabou caindo bem no finalzinho do mês. Destaques negativos mensais no Ibovespa para OGXP3, MMXM3 e OIBR3. No campo positivo estão ELET6, ELET3 e EMBR3.
No campo do Tesouro Direto houve elevação da SELIC, para 8,0%, o que motivou uma queda dos títulos de longo prazo.

Neste mês consegui fazer um aporte bem acima dos meus habituais mil e duzentos reais. Infelizmente, no mês de junho aportarei pela primeira vez no ano um valor inferior a esta meta, fato que pretendo compensar no mês de julho.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Cigarro é dinheiro jogado fora


É de se esperar que alguns temas gerem problemas, mas não há como fugir deste assunto por muito tempo. Todos sabem os diversos malefícios que o cigarro pode gerar: mal de Alzheimer, enfisema, doenças cardíacas, derrame, Síndrome de Tourette, impotência sexual, câncer de diversos tipos e a lista continua. Sem falar do vício, mau cheiro corporal, aumento de colesterol ruim, diminuição da expectativa de vida e outros tantos danos. E o agravante é que tem gente que paga por isso.

Alguns estudos sugerem que os efeitos da nicotina são curtos, cerca de 1 hora. Com o tempo, este efeito passa a ser minimizado, pois o corpo torna-se mais tolerante à substância. Para que a sensação seja igual, o fumante passa a fumar não apenas um cigarro, mas dois, depois três e a quantidade vai aumentando. Por isso, os jovens que hoje fumam apenas meia dúzia de cigarros provavelmente serão os adultos que fumarão um ou dois maços de cigarro por dia. E quando um fumante tenta parar de fumar? Para um não fumante, passar uma semana sem fumar é um ato ridiculamente irrelevante. Já para um fumante é uma provação monumental.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Você pergunta, o blog responde – 10


Hoje a pergunta é do colega Vinicius.

"Boa tarde,
Estou há alguns meses lendo livros a respeito do assunto e vendo no seu site e no portal infomoney informações a respeito de investimentos para ir sanando minhas duvidas aos poucos. Já começo perguntando se tem algum livro que ache imprescindível para os iniciantes, tenho lido todos os livros de Gustavo Cerbasi (em virtude de sua escrita extremamente didática) e agora estou lendo "Warren Buffett e a análise de balanços" e pretendo comprar "Pai rico e Pai pobre".

Minha duvida a respeito de investimentos é a seguinte, pretendo balancear minha carteira em 50% em renda fixa e 50% em renda variável. Onde poderia fazer aportes mensais na renda fixa que seria mais interessante ? Pensei em Títulos públicos porém não posso fazer aportes, somente comprar novos títulos, com isso já não sei se é o melhor investimento. Existe algum mais vantajoso para aportes mensais ?
Tenho a disponibilidade de poupar R$ 2.500,00 para investir mensalmente.

Perdão pelo abuso, mas li em vários livros e concordo que o inicio e o mais complicado, principalmente pra investimento em Renda Variável, na formação da carteira, então por isso decidi escrever o email esperando que possa me ajudar a sanar essas duvidas."

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Livro - Warren Buffett e a Análise de Balanços


Warren Buffett. Quem investe no mercado de ações com toda certeza já escutou este nome. Considerado por muitas pessoas o maior investidor de todos os tempos, ele desenvolveu um método de escolha de empresas que possuem atividades simples e previsíveis, cotadas apreços atrativos. Sua holding, a Berkshire Hathaway, obteve rendimentos anuais de 19,7% entre 1965 e 2012 (um feito e tanto!), provenientes de participações relevantes da Coca-Cola, Procter e Gamble, GEICO, American Express, DirecTV, dentre outras empresas. Quais detalhes nos balanços levaram Warren Buffett a escolher estas empresas? É isso que Mary Buffet e David Clark respondem em “Warren Buffett e a Análise de Balanços”.

David Clark é um dos mais conhecidos buffettologistas, pessoas que seguem e estudam os métodos aplicados por Warren Buffett. Já Mary Buffett casou-se com Peter, filho de Warren Buffett, casamento que durou doze anos. Juntos eles publicaram livros que destinam a abordar os conceitos de Warren Buffett, entre eles “O Tao de Warren Buffett”, “Buffettology”, “The Buffettology Workbook” e “The New Buffettology”.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Fechamento - Abril de 2013


Feriadão dos trabalhadores. Que maravilha! Apesar de eu achar que nosso calendário possui feriados demais, este feriado do dia do trabalhador  é bem vindo.

Neste mês o mercado foi muito sem graça, sem impactos grandes e com pouco sensacionalismo da mídia. O Ibovespa fechou com leve queda mensal, mas ainda está mal no ano. No meio do mês a ação que possui maior participação em minha carteira (BBAS3) estava subindo muito e minha carteira estava dando uma chinelada com força sobre o índice de ações, mas no finalzinho do mês a cotação dela foi caindo, caindo e caindo. Pelo menos as ações restantes foram bem, e eu fechei com uma modesta alta.

Tive um aporte atípico neste mês de três mil reais, bem acima dos mil e duzentos de costume. Mês que vem também virá um aporte acima do normal. Infelizmente houve alguns imprevistos e fui obrigado a sacar uma parte de meu colchão de segurança. Terei que repô-lo aos poucos para voltar ao meu foco dos aportes mensais.

No índice, os destaques positivos do mês foram de BRKM5 e PETR3, e destaques negativos para PDGR3 e BTOW3.

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Você vai esperar a crise passar para investir?


O mundo está completamente instável para os investidores. Recentemente explodiram artefatos nas proximidades de uma corrida nos Estados Unidos, matando e ferindo diversas pessoas, o que fez nossa bolsa desabar. Há uma crise diplomática internacional desencadeada pelas constantes ameaças da Coreia do Norte contra a Coreia Do Sul, Japão e Estados Unidos. No plano econômico, o mundo se arrasta por anos a fio desde 2008, quando foi deflagrada a crise americana. Recentemente a Zona do Euro foi colocada em xeque, e países como Grécia e Chipre deixaram suas preocupações. No Brasil, o governo está intervindo fortemente nas empresas, diminuindo sua lucratividade e afastando investimentos estrangeiros, essenciais para o crescimento do país.

Quem nunca ouviu um analista ou leu um artigo aconselhando esperar a crise passar para começar a investir em ações? Ou um engravatado dizendo que este não é o momento propício para investir por causa da crise que assola o mundo? Dentre os diversos fóruns e postagens de internet, encontramos investidores declarando que nossa bolsa é de baixo nível, equiparada a um verdadeiro jogo de cassino. Não seria surpresa se encontrássemos entrevistas de algum economista dizendo que o fim do capitalismo está próximo e que seria uma ótima ideia aprendermos técnicas de caça e pesca.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Dedução de aluguel e prestação de imóvel do IR

Para os investidores que acreditam que alugar um imóvel é mais vantajoso que financiar ou comprar um, surgirá mais um argumento para reforçar esta ideia. A comissão do Senado aprovou um projeto de Lei que permite a dedução do imposto de Renda com despesas de aluguel residencial. Você então que sentia frustração na Declaração Anual quando ao inserir os valores de aluguel, a restituição não mudava, agora estará menos preocupado. Mais detalhes poderão ser visto AQUI.

Como sou muito fraco nestas questões de trâmites legais, não sei ainda o que falta para que este projeto entre em vigor. Espero que esteja pronto para a declaração do ano que vem. 


De qualquer forma, já é uma luz no fim do túnel para os pagantes de aluguel.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Análise e opiniões – ARTR3, CCRO3 e ECOR3 – Parte 3

Esta é a terceira parte da postagem referente à análise e opiniões das principais empresas que compõem o setor de concessões rodoviárias. Se você não leu a primeira parte, clique AQUI.
Lembrando que as informações prestadas nesta postagem não são suficientes para que você tome a decisão de comprar, vender ou manter alguma destas empresas. No entanto, está aberta a possibilidade de discutirmos informações relevantes sobre seu desempenho ou perspectivas futuras do setor ou de determinada empresa.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Análise e opiniões – ARTR3, CCRO3 e ECOR3 – Parte 2


Esta é a segunda parte da postagem referente à análise e opiniões das principais empresas que compõem o setor de concessões rodoviárias. Se você não leu a primeira parte, clique AQUI.
Lembrando que as informações prestadas nesta postagem não são suficientes para que você tome a decisão de comprar, vender ou manter alguma destas empresas. No entanto, está aberta a possibilidade de discutirmos informações relevantes sobre seu desempenho ou perspectivas futuras do setor ou de determinada empresa.


Gráficos comparativos
Nos comentários dos gráficos abaixo, sempre quando há referências a porcentagens de crescimento ao longo do tempo, considere que o cálculo foi realizado em relação às médias dos três primeiros e três últimos anos.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Análise e opiniões – ARTR3, CCRO3 e ECOR3 – Parte 1



Dando continuidade à série de análise e opiniões sobre as empresas da bolsa, iremos discutir sobre este setor que é amado por uns, odiado por outros - o setor de rodovias. Infelizmente esta postagem ficou gigante e para ficar menos cansativa, ela será dividida em três partes.
Lembrando que as informações aqui prestadas não são suficientes para que você tome a decisão de comprar, manter ou vender qualquer uma destas empresas. No entanto está aberta a possibilidade de discutirmos informações relevantes sobre seu desempenho e perspectivas futuras do setor ou de determinada empresa.

terça-feira, 2 de abril de 2013

Você conhece a APIMEC?


APIMEC é a sigla para Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais. Ela divulga notícias, realiza certificações e organiza eventos nas regiões do Distrito Federal, Minas Gerais, Nordeste, Rio de Janeiro, São Paulo e Sul. Através deste LINK, você poderá dar uma olhada na sua página principal.

Apesar de oferecer certificações, esta postagem se refere aos eventos que são periodicamente organizados pela APIMEC. Nestes eventos, diversas empresas listadas na bolsa apresentam seus resultados, planejamentos e perspectivas para dezenas (às vezes centenas) de acionistas, analistas e investidores em geral.

quinta-feira, 28 de março de 2013

Fechamento - Março de 2013


Neste mês o Ibovespa estava amarelando (ou melhor, avermelhando) e começou bem pessimista. Tivemos diversos pregões com quedas consecutivas. Mas depois que algumas empresas divulgaram seus balanços, o mercado ensaiou uma recuperação. Mesmo assim fechou no vermelho. Destaque positivo para a SUZB5, com alta de 16,54%, e destaque negativo para... adivinhe! Uma empresa X, a MMXM3, com queda de -33,83%. E o senhor X-Men mandou avisar. Aqueles que apostam na desvalorização de suas empresas "vão ficar de calça curta" e que "rumores são as armas dos que estão vendidos". E o filho do homem avisou para quem opera vendido com a OGX: "Vocês estão errados". Informação quentinha de insider. Cuidado, hein!

domingo, 24 de março de 2013

Resultado do sorteio do livro Bolsa de Valores - Investir é Bossa Nova, Especular é Carnaval


Enfim, chegamos à data do sorteio do livro Bolsa de Valores - Investir é Bossa Nova, Especular é Carnaval. Fiquei mui felicíssimo ao ver as 112 inscrições deste sorteio. Não chega a ser uma tele-sena, mas esperava menos. Agradeço a todos os que acompanham o blog. Espero que tenhamos mais sorteios pela frente.

Bem deixando as delongas de lado, abaixo estão os nomes dos ganhadores do sorteio os dois livros.



Tivemos um jovem gafanhoto e uma libélula como ganhadores. Parabéns!

Enviarei um email para vocês solicitando os dados para o envio do livro. Estes dados serão encaminhados por mim diretamente para o escritor, que enviará o livro para vocês, com direito à dedicatória.

Lembrando que vocês terão até as 23 horas do dia 27/03/2013 para responder ao email. Caso não tenha sido respondido, outra pessoa será sorteada.

Espero que tenham gostado do sorteio. Até a próxima.

segunda-feira, 18 de março de 2013

Sorteio do livro Bolsa de Valores - Investir é Bossa Nova, Especular é Carnaval


Após conversa com Eduardo Leitão, dono do blog Leitão em Ação, firmamos uma parceria para sortear dois livros para os investidores que acompanham o blog.

Há algum tempo realizei a aquisição do livro e minha impressão é de que ele contribui muito para a educação financeira, particularmente quando o assunto é investimento em ações.

Para participar do sorteio do livro Bolsa de Valores - Investir é Bossa Nova, Especular é Carnaval, clique AQUI, deixando seu nome e um email para contato.

No dia 24 de março teremos a postagem de divulgação dos dois sorteados. Entrarei em contato com eles solicitando os dados para o envio. O envio do livro será realizado pelo próprio autor, com direito à dedicatória.

Então, o que está esperando? Participe! Os livros são uma excelente fonte de informação. Com certeza este livro será um importante agregador de novos conhecimentos.

segunda-feira, 11 de março de 2013

Por que implicam tanto com a Paranapanema e o Buy & Hold?


Uma das coisas que não faz o menor sentido são as guerrinhas de estratégia de investimentos. Elas geram discórdia, desdém, rancor e em nada contribui com os argumentadores. Ao invés de cada parte tentar aprender algo com a outra (mesmo que divergentes, ideias são sempre bem vindas), elas se preocupam em ironizar os descaracterizar a estratégia de investimento da outra. A guerrinha mais comum é a clássica batalha entre a análise fundamentalista e a análise técnica. A primeira estuda os balanços e analisa a saúde das empresas. A segunda estuda os movimentos dos preços das ações em busca de padrões.

Sou defensor da análise fundamentalista, o que não quer dizer necessariamente que eu acredito que os métodos da outra escola são desnecessários. Conheço investidores que mesclam as duas abordagens, conseguindo resultados a contento. Já vi análises gráficas com altas taxas de acerto, como por exemplo as análises do Eduardo Leitão. Eu mesmo comecei meus investimentos através da análise gráfica, obtendo resultados ruins. Mas hoje, com minha capacidade de investidor mais amadurecida, percebo que o erro não estava na análise em si, mas sim da minha postura amadora e despreparada da época. Se eu decidisse voltar a operar os gráficos, acredito que obteria resultados melhores do que antes.

quarta-feira, 6 de março de 2013

Você pergunta, o blog responde – 9


Hoje quem faz a pergunta é o colega Jones.

“Olá,
Estou me casando, tenho R$100.000 na poupança e me surgiu uma dúvida cruel: Morar de Aluguel ou Comprar um Imóvel?
Ocorre que o rendimento da poupança não paga, por si só, o valor mensal do aluguel, cerca de R$1.500,00, e o imóvel que pretendo comprar, ou não, custa algo em torno de R$350.000,00, o que me daria prestações de cerca de R$2.100,00, fora o condomínio.
Qual melhor opção, comprar ou alugar?
Se eu optar por morar de aluguel, pagando com rendimentos, qual seria o melhor investimento?
Desde já agradeço!!

Abraço!!!”