terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Contra-argumentando ETF – Parte 1


De vez em quando recebo emails de pessoas que perguntam sobre a modalidade de investimento em ETF. As perguntas normalmente são sobre qual ETF escolher ou sobre qual a minha opinião sobre eles. Minha resposta é sempre a mesma: ETF são boas modalidades de investimento, mas não gosto de deles pois prefiro investir diretamente em ações. Como não me aprofundei neles, não estou apto a realizar indicações.

Tenho visto por aí uma série de defensores de ETF, dizendo que eles são boas alternativas de investimento. E na verdade eu concordo com eles. Eles são sim, principalmente para pessoas que não sabem lidar ou que não estão dispostas a estudar e analisar empresas individualmente, ao mesmo tempo em que não desejam investir em um fundo de investimento ativo, mas querem se beneficiar da renda variável para o longo prazo. Nestes casos um ETF está de bom tamanho. Outro caso também seria o de investidores que desejam fazer um test-drive na bolsa só para ver como funciona. Nestes casos o ETF também pode ser indicado.

Mas o que me incomoda são algumas pessoas que falam que indiscutivelmente o ETF é o melhor tipo de investimento para o pequeno investidor. Dizem que não adianta perder tempo com análise fundamentalista, pois se os grandes fundos muitas vezes perdem dinheiro, o pequeno investidor não terá qualquer chance. Há também as postagens que exaltam ao máximo o ETF, dizendo 9492378 supostas vantagens em investir neles e 1 “pequena” desvantagem. Não contentes em dizer que o ETF é indiscutivelmente a melhor alternativa, os extremistas ainda dizem que a escolha individual de ações através de uma peneiragem é um processo altamente estressante e sem sentido, que no máximo resulta em uma diferença pífia na rentabilidade.

Quando leio estas coisas eu me sinto um idiota. Como já disse, não invisto em ETF por não gostar deles e por adorar analisar e escolher minhas próprias ações. Ao ler estas matérias, a impressão que tenho é que o melhor a ser feito é acender uma fogueira com a minha pequena biblioteca de livros sobre investimentos e remanejar toda a minha carteira de ações para ETF, pois se eu obtive algum rendimento positivo, ele deve ser fruto de pura sorte.

Criticar os ETF é parecido com colocar dedo em formigueiro. Sei que esta série de postagens tem grandes chances de ser muito criticada. Há muitos defensores de ETF e, ressaltarei mais uma vez a vocês, não invisto neles por questão de gosto. Não estou dizendo que eles são ruins.

Esta série de postagens se destina a pegar alguns argumentos que exaltam os ETF e colocar seus devidos contra-argumentos. Foram escolhidos alguns argumentos que, em uma lida rápida, fazem sentido. Mas quando analisados, talvez nem tanto. Muitos argumentos são utilizados simplesmente para fazer propaganda. Os ETF são bons, mas não são o paraíso na Terra.

Como tenho tendência a ser verborrágico, dividi esta postagem em 6 partes que apresentarão ao todo 8 contra-argumentos às explicações mais comuns dos entusiastas do ETF. Desta forma a postagem não ficará cansativa e vocês terão um bom tempo para concordar ou discordar sobre cada um dos contra-argumentos. Mais válido do que contra-argumentar é tentar trocar experiências, pois ninguém é dono da verdade.

Seria interessante que você abra um pouco a mente para tentar compreender as ideias que serão apresentadas. Você não precisa ser uma metamorfose ambulante, mas ler esta série de postagens com a mente fechada não adiantará de nada.

Bem, é isso. Espero vocês nas próximas postagens. Enquanto isso deixe seu comentário.


43 comentários:

  1. É estranho como uma discussão saudável pode se transformar em algo tumulado exaltado.
    Não entendo como alguém pode ser um defensor cego de qualquer coisa. E isso vale para política, religião, crenças, etc...
    Oras, se alguém vem com um argumento mais forte que o meu, eu no mínimo vou pensar muito a respeito da minha posição e não atacá-lo desesperadamente tentando defender meu ponto de vista. Manter a mente aberta o espirito crítico e praticar a argumentação é a base do aprendizado selvagem.
    Se parar para pensar essa "briguinha" parece muito com a guerra entre os androids x apple maniacos. Cada lado tem suas vantagens e desvantagens que se adequam melhor a diferentes perfis... Não tem melhor ou pior....

    Em fim, parabéns pelo seu posicionamento nessa questão AdP.

    Abraço

    N.I.

    nanoinvestidor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá NI
      Também acho isso.
      O que mais vejo aí é gente criticando a estratégia dos outros, mas criticando com deboche. É como se a estratégia dele fosse excelente, sem erros. Tá faltando um pouco de humildade.

      Abraços

      Excluir
  2. ETF's são fundos de investimento. Quem enxerga de outra maneira é esquisito!

    Só que o fundo investe em um determinado índice de mercado, nada mais.

    Eu acho ETF's interessantes, desde que não seja o BOVA11, pois é baseado no IBOV!!! Quem investe em BOVA11 tem OGX na carteira e VAGR!!!!! VAGR!!! Antiga ECOD!!!!! BIZARRO !!!!!!!!

    Uma opção interessante, pode ser vender a descoberto os ativos que o investidor julga ruins que estejam no ETF, na mesma proporção de capital em relação ao índice.

    No mercado financeiro e na vida tudo tem vantagens e desvantagens. Nada é "indiscutivelmente" melhor.

    E ETF's por aqui estão engatinhando...

    Aguardo a série, será bem legal.

    []s!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eheheh BOVA11 é a ovelha negra dos ETF´s.... rs

      Excluir
    2. Essa ECOD3 eu já mexi quando era muito noob em investimentos. Já me deu alguns trocados, mas as perdas foram maiores.

      Abraços

      Excluir
  3. AdP, parabéns pela proposta do tema.
    No meu ponto de vista é apenas mais um instrumento de RV. Nem pior, nem melhor do que as alternativas tradicionais. Embora estude bastante sobre ETFs, não chegou a hora de investir neles (não me "apaixonei" pela idéia, embora a mecânica seja interessante). Prefiro ainda investir diretamente nas empresas ou setores nos quais confio. Nos EUA, berço dos ETFs e onde há uma infinidade de ETFs x Índices, existem Gestoras de recursos que se especializaram em fazer portfolios com gestão ativa em ETFs. Há portfolios que são verdadeiros "balaios de gato", que englobam, por exemplo, Emerging Markets + Oil Services + S&P MidCap + Utilities, etc, etc. Onde querem chegar, não sei. O que queriam e conseguiram, foi provar que a partir de fundos absolutamente passivos e estanques, conseguem uma combinação que pode superar consideravelmente os índices tradicionais, a um custo muito mais baixo.
    Acho que o Brasil está seguindo a tendência, mas ainda demora um pouco para os ETFs decolarem de vez.
    Abs.
    Tempo para Viver

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é mais uma alternativa. O que fico chateado é quando falam apenas das vantagens, ao mesmo tempo denegrindo os holders ou traders. E dentro destas vantagens, há algumas que podem ser tiradas de letra.

      Abraços

      Excluir
  4. uso apenas para diversificação de minha carteira não chega a 1% mas quero chegar a 10%
    ponto negativo é que não distribui DY e tem varios lixos que vem de brinde. Desejo sucesso nessa argumentação

    ResponderExcluir
  5. Olá AP!
    Já postei sobre o assunto uma vez:

    http://investidordefensivo.blogspot.com.br/2011/12/investir-em-etfs-x-investir-em-carteira.html

    Justamente para fugir das taxas de administração e do imposto de renda que parti para compras individuais. Só por não pagar o I.R. , já saímos na vantagem de rendimento de 15%.

    Mas vou te confessar uma coisa. Eu não fico analisando, estudando tanto as ações para incluir na carteira. Sei que é errado, mas vou lendo opiniões de analistas, blogueiros e uma visão rápida, nada super fundamentalista.
    Tenho que estudar muito pra poder bater no peito e falar que analisei e escolhi a dedo minhas ações.
    Acho que algumas pessoas perceberam e outros não. Estou caminhando para consolidar um "ETF Próprio". Pretendo ter por volta de 30 ativos na minha carteira. E acho que não é tão difícil como os favoráveis aos ETFs de balancear a carteira. Pretendo fazer o balanceamento com os aportes e com os dividendo ao longo dos meses.

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ID,
      Esta postagem não se destina a fazer uma comparação entre ETF e ações. É apenas colocar alguns contra-argumentos. Por exemplo, este "menos trabalho para administrar a carteira" é subjetivo.
      Mesmo que você não analise tanto as ações, mas achou uma metodologia do qual está confortável e que está te trazendo segurança, então já está a um passo a frente. Mais sempre temos que aperfeiçoar nossas metodologias. É um exercício constante.

      Abraços

      Excluir
  6. Olá Adp, ótima série!

    E para quem tem pouco dinheiro para iniciar e pouco para aportar mensalmente, digamos 5000k iniciais + 1000k mensais ?
    Fica complicado pagar várias corretagens para montar um ETF próprio.
    Penso que é interessante acumular uma boa carteira com ETFs e depois começar a comprar empresas individuais, o que acham?

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendo pq falam em pagar várias corretagens...
      Vai pagar as corretagens dos aportes mensais. Não é tão aterrorizante assim.

      Excluir
    2. "E para quem tem pouco dinheiro para iniciar e pouco para aportar mensalmente, digamos 5000k iniciais + 1000k mensais ?"
      Como é meu caso, por exemplo?

      "Fica complicado pagar várias corretagens para montar um ETF próprio."
      Esse é um dos argumentos que terá o seu devido contra-argumento. Acredito que alguns argumentos são propagandas.

      Abraços

      Excluir
    3. Tb acho que este argumento é pura propaganda.

      Excluir
  7. Olá AdP,

    Pelo jeito suas postagens serão iguais a de quem defende os ETF's de olhos fechados, só que criticando os ETF's de olhos fechados e isso foi exatamente o que te falei que seria errado se fizesse. Para criticarmos ou orientarmos algo acredito que devemos conhecer bem e por isso operei opções, como eu poderia falar sobre algo que só conhecia na teoria? Sabemos que o que aprendemos na faculdade não é exatamente o que usamos no trabalho.
    Sugiro colocar na sua matéria um estudo do que é bom e do que é ruim, não só contra-argumentar, dessa forma teremos uma série mais completa e com maior credibilidade.
    Confesso que estudado a fundo o ETF e operando consegui enxergar pontos negativos e positivos que nunca foram abordados, só que ainda acho que para o pequeno investidor ele é a melhor opção e só podem afirmar isso os pequenos investidores.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, as postagens não serão críticas diretas ao ETF. Serão críticas contra alguns argumentos a favor, e que podem não fazer tanto sentido assim. Relaxa.

      Como eu mesmo disse, ETF são boas alternativas, mas não são a melhor. Invisto diretamente em ações, mas não fico dizendo por aí que são a melhor alternativa, seja para o pequeno ou para o grande investidor.

      "Sugiro colocar na sua matéria um estudo do que é bom e do que é ruim, não só contra-argumentar, dessa forma teremos uma série mais completa e com maior credibilidade."
      Mas como seria isso? O ser bom ou ruim vai de cada um. Fica um pouco subjetivo isso. Além disso, como invisto em ações, estaria mais propenso a me inclinar a elas, em detrimento dos ETF. Abordar isso não traria credibilidade alguma.

      Abraços

      Excluir
    2. Quanto a frase que destacou seria abordar em que pontos seria bom ou não o investimento em ETF, não seria subjetivo, está bem claro. O ETF leva vantagem em ponto X por motivo Y, o ETF é desvantajoso em ponto Z por motivo W, entende? Isso que eu quero dizer, o que eu vi por ai foram pessoas falando que o ETF é bom por vários motivos e o comparando a um ativo único ou que o ETF é ruim o comparado com uma carteira cheia de ótimas ações. A credibilidade está em ter um estudo com conteúdo e com base, não com teorias e suposições.
      O artigo que espero ainda até hoje é um em que se aborde imparcialmente as vantages e desvatagens dos ETF's em comparação com as ações, analise os custos de ambos, o retorno, a liquidez, enfim acredito que tenha entendido.

      Não estou sendo contra sua série, só espero com essas críticas ajudá-lo a enriquecê-la. De verdade eu gosto de estudar finanças e por isso se sua série abordar tudo isso me ajudaria e a várias pessoas que investem em ETF ou pensam em investir.
      Uma coisa que não gosto de ler é que o ETF serve para quem não sabe investir, isso é bem ofensivo porque é um ativo como qualquer outro e deve ser estudado e acompanhado assim como as ações, sugiro que mude essa forma de tratá-lo. Parece que preguiçosos e inexperientes investem em ETF, não concordo com isso.

      Abraços!

      Excluir
  8. Concordo contigo que ETF é otimo para quem esta iniciando ou p quem não quer ou não pode por qq motivo analisar ações individualmente vou ficar no aguardo dos proximos textos :)
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ostra,
      Há pessoas que não tem aptidão para selecionar ações, ou que simplesmente não querem, ou que possuem em sua estratégia a movimentação do geralzão, ou seja o que for. ETF pode sim ser comprado e existem situações que ele é mais indicado. Mas dizer por aí que ele é indiscutivelmente o melhor para o pequeno investidor é forçar a barra demais. Estratégia, perfil, controle emocional, controle de risco contam mais do que a simples escolha do tipo de investimento.

      Abraços

      Excluir
  9. Tem muita gente da blogosfera que faria muito melhor se colocase toda a grana em ETF. Entre fazer merda com o dinheiro e fazer um investimento passivo e consistente, eu fico com segunda opção. Mas tem cara que é tão cabeça dura que nem perceber que ta fazendo merda percebe...

    ResponderExcluir
  10. Meu nome é Ricardo e minha humilde opnião: (LEIAM ATÉ O FINAL PARA NÃO ME CRITICAREM)
    Eu acho a maior asneira do mundo colocar Ir como desvantagem do ETF. Porque?
    Se isso fosse motivo para não investir, ninguém investiria em renda fixa a não ser LCI, não haveria tesouro direto, não haveria fundos imobiliários, todos tem riscos, alguns maiores outros menores, mas tem, e incidem IR. Pessoal acorda, fundo imobiliário é muito melhor do que ETF na minha opnião, por dois motivos, investe em imóveis, papéis e demais fundos imobiliários, com valores irrisórios que o pequeno investidor não conseguiria jamais investir, como é o caso das CRIs, e o segundo é que gera renda mensal, porém quando você vende a cota, tem de pagar IR. Em síntese por ser cotado na bolsa, tem um pé na renda fixa e outro na renda variável, como tem um gestor trabalhando para gerar renda o leão quer o dele.
    Se você comprou um Fii a R$100,00 e ele hoje custa R$130,00, e teve um Yeld de 10,30% a.a, vc vai ter no final de um ano uma rentabilidade de 35% se vender a cota e somar o valor líquido aos rendimentos que são isentos.
    O etf Small11 teve rentabilidade de 28% em 2012, desconta o IR, tem-se 23,80% isso líquido em um ano é muito melhor do que muito investimento em renda fixa, fundos de investimentos, e CARTEIRA PRÓPRIA,de muito investidor que fica dois ou tres anos com a carteira, e não sai dos 20%. Por que eu disse isso? Porque ao montar sua carteira vc vai incluir vários setores, mineração, bancos, consumo, cíclicas, não cíclicas, financeiro, etc..., small caps, blue chips, superbluechips,etc.. vc dá tiro para tudo quanto é lado,errado? Claro que não diversificar é o segredo de todos os investimentos. o ETF foca uma única categoria, por exemplo o BOVA11 tem de tudo, mas as mais liquidas, O small11 tem somente small caps, vocês já viram a composição do ECO11? Sim focada em bancos, mas tem bastante empresa boa. Divo11? Tem empresas boas na composição também, sim... tem empresa ruim também.

    ResponderExcluir
  11. Também acho que é um ato impensado, mas que deve ser levado em conta claro, falar que a composição do etf so tem tranqueira, o índice é composto por ações de maior liquidez e se a empresa fali ou sai da bolsa quando o índice é revisto ela sai da composição do índice. O fundo ganha reinvestindo os Dividendos, e conforme seu patrimônio aumenta o valor da cota aumenta.

    Para com esse negócio de que na carteira própria vc recebe dividendos e no etf não. Dividendos sai do preço da ação não vem de graça não é dado pra ninguém. Se você não reinveste dividendos como no ETF, vc não acumula patrimônio. Para com essa ilusão, dividendos só é bom para quem tem altos montantes onde a soma dos dividendos permitem que ele viva de renda, para a empresa pagar dividendos não é bom, porque é dinheiro que poderia ser investido nela mesma, tem empresa mal das pernas pagando dividendo, vai quebrar mesmo.

    Sabe porque o não incide IR na bolsa até 20 mil? Simples porque a maioria perde na bolsa. Ou acham que o governo é bonzinho e dá sopão para investidor?

    CARTEIRA PRÓPRIA DE AÇÕES
    Cara quem monta sua carteira aos poucos e consegue de alguma forma sobreviver na bolsa, não para de investir dessa forma. Porque? porque é muito bom vc saber no que está investindo e porque está investindo. Tem a vantagem do Ir mas e daí? Quem não quer pagar ir, que monte carteira somente de ações e LCI.

    CONCLUSÃO

    Para, por favor com esse negócio de tentar dizer que esse ou aquele investimento é melhor ou pior, o importante é se a tua estratégia está aumentando seu patrimônio ou não. Tenha fundos de renda fixa, TD, ETF, ações individuais, Fundo de Ações, FII, cara ninguem te garante que montar carteira própria é melhor ou pior do que quem tem todos esses investimentos e mais um pouco, o cara que tem tudo isso, e ainda fundo multimercado, fundo que investe em ouro, e mais um monte de coisa, mesmo pagando altas taxas pode ter melhor rendimento que você que tá ae encanado achando que etf é uma porcaria, ou que carteira própria de ações é porcaria também.

    O que importa é, você investir naquilo que você se sente seguro e te traz retorno financeiro e aumente seu capital. Eu acho interessante ter carteira própria mas tambem ter ETF, porque numa crise um DIVO11 pode fazer sua carteira mesmo que contenha boas pagadoras de dividendos, perder menos do que perderia se você não tivesse ele.

    Enfim, estude, mas nem sempre seu conhecimento vai ser o suficiente para superar a expertise de um gestor profissional, mas se no final de um período conseuir 20% com ETF,35% com Fii, 20% com gestão própria de carteira, 25% com fundos de investimento ativo, e assim sucessivamente, tenho certeza que ao longo dos anos, seu capital vai aumentar absurdamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, amigo. Esse negócio de dizer que um tipo de investimento é o melhor não tem nada a ver. Nenhum tipo de investimento possui garantias e todos possuem seu risco.

      Abraços

      Excluir
  12. Grande AdP!

    Essa série será bem quente, rsrs! Fiquei ansioso pq estou cogitando a hipótese de entrar em alguns ETFs. Como vc disse, essa pode ser uma boa opção em alguns casos.

    Como um colega comentou acima, não consigo entender nenhuma forma de extremismo, não existe verdade absoluta e sem sombra de dúvidas, escolher ações individuais é uma estratégia melhor, mas pode ser complicado pra muitas pessoas, inclusive eu.

    Fico aguardando, abraço!

    Corey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Corey,
      Espero que aprecie a série de postagens.
      Também não entendo alguns extremismos, e procurarei fazer com que esta série não chega a este ponto. Já disse ali em cima, mas repetirei. Irei apenas contra-argumentar algumas vantagens, das quais não concordo tanto. De forma alguma é uma opinião de contra-indicação aos ETF.

      Abraços

      Excluir
  13. Muito bom o tópico e as respostas, que naturalmente nos fazem pensar e aprender.
    UMA DÚVIDA básica de um iniciante ...

    Já tenho minha corretora e quero investir em ETF´s. Já tenho umas 2 em vista. Qual o meu procedimento? Entrar em contato com a corretora e pedir conselho sobre as 2? Ou comprar logo?

    Obrigado e grande abraço,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Haroldo,
      O procedimento é você mesmo analisar o ETF e decidir se vai comprar ou não. Não siga opinião de outras pessoas, analistas ou corretoras. Faça o seu dever de casa e analise. Caso se sinta inseguro, invista pequeno ou deixe para tomar esta decisão mais para frente. Não tenha pressa.

      Abraços

      Excluir
  14. Para quem está começando a investir em ações e não se sente seguro, sugiro diversificar,tipo quero 10% em renda variável, então eu coloco 10% em ETF, ou fundo de investimento ativo, se for etf, esses 10% eu divido em 2 ou 3 etfs, eu por exemplo não gosto de bova11, sou mais small11 (esse eu tiro o pe em relação aos demais, porque small caps sofrem um bocado em crises, veja a rentabilidade desse etf em 2011) divo11 (mais resistente a crises, porque nesse periodo os investidores fogem para empresas pagadora de dividendos fazendo com que esse fundo cresça em patrimonio) e csmo11 (que é a bola da vez, juros baixo e consumo aumentando).

    O que eu gostaria de contribuir para o excelente artigo do ADP, é que o que importa é ter uma estratégia, entender o etf como o adp disse, entender em que momentos ele é bom, e em qual momento ele é ruim, saber qual o papel dele na minha carteira de renda variavel, etc...Se vc montou uma carteira própria com 5mil e investiu 5 mil em etf, e sua carteira propria perdeu 10% no ano e o etf ganhou 20% líqui de ir, cara vc saiu no lucro em 10%. Eu tenho minha carteira própria e meus etfs, essa é minha estrategia, por enquanto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei anônimo. O importante é entender o tipo de investimento, seja ações, FII, ETF, poupança, ouro, etc. Além do entendimento, a estratégia é importante, sempre olhando para o conjunto do bolo, não apenas uma camada.
      Cada tipo de investimento tem sua vantagem e desvantagem. Mas nunca poderíamos dizer que o investimento x ou y é o ideal para o pequeno ou grande investidor.

      Abraços

      Excluir
  15. AdP muito bom artigo e estou ansioso pela série! Uns meses atrás até pensei em ETF, mas depois de muito estudo estou mais seguro da minha estratégia na BV. Comecei com FIIs, fiz a burrada de vender a BBPO11 pela valorização de quase 20% no primeiro dia de bolsa (coisa de sardinha), mas depois mantive-me com SAAG11 e ações. Aliás, gostaria muito de sua visita ao meu site e comentário sobre minhas compras e minha atualização da carteira. Quero terminar 2013 com 30% da minha grana em RV. Passe lá e comente, só agregará valor! http://tentandoaprendersobreinvestimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Duca7,
      Vou dar uma passada lá sim.

      Abraços

      Excluir
  16. Muito bem colocado Adp o seu ponto. O problema são os fundamentalistas que, não querem saber de ação, é só EFT. Inclusive, na minha opinião, tem blogs de finanças por aí que utilizam o EFT de forma radical, como forma de resolver os seus problemas de falta de conhecimento acerca do mercado financeiro. É uma espécie de escudo que eles usam para se defender da ausência de conhecimento em escolher ações e analisar o mercado. Como eles fazem isso? Problema: qual ação escolher? Resposta: todas, usando o EFT. Tem blog que defende EFT e já teve propaganda de fundo de ação de banco.
    E digo mais: prevejo que(o pobretão já até falou isso no blog do Corey), a médio prazo, "nós" da blogosfera, leia-se anônimos que postam carteira, acabaremos, sem pedir, tendo destaque na internet, pois a gente não tem o rabo preso com ninguëm.
    Agora, eu tenho blog é mais pra aprender, pois eu sou uma anta nas finanças. Por isso eu venho aqui. Mas que eu acho que tem gente, tosca, usando o EFT em suas pautas para simplificar, isso tem.

    Um abraço,
    4P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá 4P
      O problema é que este "escudo" além de supostamente servir de proteção, também inibe o guerreiro de realizar ataques eficazes. O medo de perder anula e muito a oportunidade de ganhar.
      Sou contra utilizar ETF unicamente por medo de perder. O mercado oscila e quem entra nele tem que ter a ideia de que vai perder. Mas ETF não serve apenas para isso. Há estratégias mais eficientes com a utilização do ETF.

      Abraços

      Excluir
  17. Quem acha que o pequeno investidor individual não pode ter desempenho muito melhor que o da maioria dos fundos, recomendo ler o Peter Lynch.


    http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/3440364/o-jeito-de-peter-lynch-de-investir-as-estrategias-vencedoras-de-quem-transformou-wall-street

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Brasil.Investidor,
      No mundo dos investimentos há diversas teorias com provas contraditórias. Há, por exemplo, os teóricos que dizem que os dividendos são irrelevantes, e há os que dizem que fazem uma grande diferença no longo prazo.
      Há gente que defende de tudo, kkkkkkk.
      Também acho que é possível sim bater a maioria dos fundos.

      Abraços

      Excluir

Anônimos, contribuem e deixem um nome para que seja possível outras pessoas fazerem referências, estabelecendo melhor a troca de ideias. Educação é sempre bem vista.
Mensagens de trolls serão moderadas.