sexta-feira, 28 de junho de 2013

Fechamento do mês - Junho de 2013

Mês agitadíssimo. De uma hora para outra centenas de milhares de pessoas decidiram protestar nas ruas. Não se falava em outra coisa na mídia e nas redes sociais. Particularmente apoio esta iniciativa e fiquei grato ao ser uma destas milhares de pessoas. Só senti falta de uma organização ou de uma figura liderando as manifestações, colocando objetivos mais concretos do que "menor corrupção" e "maiores investimentos em educação e saúde". Sim, tem o movimento Passe Livre, mas não creio que este movimento era o articulador de todos os protestos. A Dilma só convidou integrantes deste grupo para uma reunião porque não havia mais ninguém para chamar.

No campo dos investimentos, tudo caindo. Ações caindo. Títulos do Tesouro Nacional caindo. Fundos imobiliários caindo. Por um lado, como invisto nos três, sofri em todos. Por outro lado, com a mesma quantidade de dinheiro poderei comprar maior quantidade de ações, títulos e FII. Já estou achando os FII atraentes, assim como os títulos. Já tem gente até comparando o momento atual de ações com a crise de 2008. Acho isso muito exagerado. Estou interpretando isso como uma queda natural da bolsa. Estou vendo gente perdendo o controle, mudando estratégias ou até festejando esta queda. Ela ainda não chegou a me comover. É uma boa queda sim, mas não tem ainda as características do episódio de 2008, onde muitos testemunharam diversos circuit breakers. Mas claro, quanto menor o preço das ações, maior são suas margens de segurança. A CGRA4, por exemplo, é uma ação que estou flertando já faz um bom tempo, ensaiando uma entrada. Talvez o mês de julho será o mês que darei minha fisgada.

No campo dos aportes, tinha falado com vocês que neste mês meus aportes seriam abaixo da minha meta mínima de 1200 reais. Ledo engano. Recebi inesperadamente a restituição de meu imposto de renda. Não sabia que o receberia neste mês. Eu tinha programado desde o ano passado em investi-lo inteiramente em Tesouro Direto e Fundos imobiliários. Mas com essa queda das ações, decidi investir nelas. Coloquei uma parte desta restituição neste mês e reservei uma parte para o mês que vem.

Peço desculpas às pessoas que acompanham o blog pelo tempo que fiquei sem realizar postagens. Minha última postagem foi no dia 18 de junho e, como tenho o costume de fazer postagens mais ou menos de oito em oito dias, era para ter feito mais uma postagem antes de finalizar este mês. O que aconteceu é que já estou começando a estudar para um concurso público que, pelas minhas contas, deverá acontecer daqui a uns 2 anos. É um concurso TOP, de boa remuneração e de poucas vagas. Só não vou dizer o nome do concurso porque não tem a menor relevância para o blog. Se tudo der certo, vou me formar na faculdade e emendar com este cargo. Quando eu coloco uma coisa na cabeça, costumo ir até o final. Acredito que meu pique em fazer postagens pode dar uma diminuída, mas mesmo assim pretendo fazer pelo menos duas postagens por mês, sem contar com a de fechamento.

Neste mês o Ibovespa sofreu uma queda de -11,31%. Por que? Muitas falam que é o risco da inflação. Outros atribuem parte da queda aos protestos. Risco de outro Pibinho? Telexfria? Conjuntura internacional? Perspectiva negativa de mudança de nota brasileira pelas agências de risco? Me contento somente em saber que a força vendedora foi maior do que a força compradora. Na minha estratégia o importante é focar na saúde de minhas empresas e acumular a maior quantidade possível destas, desde que seus preços sejam razoáveis.

No mês as ações do Ibovespa que mais brilharam foram SUZB5, FIBR3 e EMBR3, com subidas de 6,59%, 5,32% e 5,17%, respectivamente. Alias, a Embraer está arrebentando neste ano, com uma subida de 42,89%. Zé Teimoso deve estar rindo a toa. No campo negativo são as mesmas de costume. OGXP3, LLXL3 e BTOW3, com quedas de -42,75%, -41,76% e -34,17%, respectivamente.

Vamos aos números:

terça-feira, 18 de junho de 2013

[OFF] Protestos

Se você não vive em uma bolha sem contato com o mundo, então com certeza você está informado sobre o que está acontecendo no Brasil. 
Há uma série de protestos em diversas cidades do Brasil, inicialmente desencadeados pelo aumento de R$0,20 na passagem de ônibus em São Paulo. Sinceramente eu não imaginava que o protesto de São Paulo desencadearia diversos outros em diversas cidades brasileiras. O que era uma manifestação contra o aumento de R$0,20 na passagem de ônibus se transformou em insatisfação contra a corrupção, picuinhas no Congresso, proposta de emenda constitucional absurdas, alto custo de vida, gastos faraônicos nos estádios e o de sempre, falta de atenção à saúde a à educação.

sábado, 15 de junho de 2013

A empresa perfeita para se investir, segundo Peter Lynch



Sem qualquer dúvida, o livro “O jeito Peter Lynch de investir”, cuja descrição poderá ser vista AQUI, é um dos livros que contribuíram para a montagem de minha estratégia. Nele, Peter Lynch reuniu o que considera como os treze atributos favoráveis mais importantes na hora de selecionar suas empresas. Nesta postagem abordarei um pouco sobre estas treze características. Para cada critério, citarei um trecho do livro, tecerei alguns comentários e tentarei encontrar alguma empresa da bolsa brasileira que o atenda.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Um pouco de minha estratégia

Inspirado na postagem do nosso estimado colega Zé Mobral, onde ele abordou alguns aspectos de sua estratégia de investimento em ações, resolvi também criar uma postagem contando um pouco sobre a minha. Na realidade, sempre tive receio de contar minha forma de investir. Não que eu me ache um guru ou algo do tipo. Pelo contrário. Cometo muitos erros e estou aprendendo a cada dia que passa. Meu receio é de que copiassem esta estratégia sem considerar que ela é pessoal. É aí que mora o perigo. Primeiro porque não é possível colocar todos os aspectos de uma estratégia em postagens. Segundo porque como disse, há diversos pontos falhos, o que faz com que a cada dia ela se aprimore. Além disso, é uma estratégia que está de acordo com meu perfil, e ninguém além de mim a entenderá e a executará melhor.
Como o método é individual, algumas coisas que escreverei podem soar um tanto quanto absurdas para alguns investidores, sendo que para mim são levadas na maior naturalidade. Espero que você encare minha abordagem (e outras abordagens) apenas para fins de curiosidade, podendo ou não servir para agregar novas ideias e para aprimorar sua própria abordagem de investimentos.
Convido também outros blogueiros para a criação de uma postagem relatando um pouco sobre seu modo de investir. Com certeza esta série de postagens seria enriquecedora para a blogosfera.