terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Perspectivas para 2014

Com o fim de 2013 é hora de traçar metas para 2014. Quem ainda não viu o fechamento de dezembro e fechamento do ano vale a pena dar uma conferida.
Quem ler a postagem de Objetivos para 2013 perceberá que os objetivos traçados não foram alcançados. O principal era terminar o ano de 2013 com uma carteira que valeria no mínimo 95 mil reais, mas terminei com cerca de 92.700 reais. A primeira vista pode parecer pouca a diferença de 2.300 reais, mas discordo. Para alguém como eu que tem o costume de aportar cerca de 1.200 reais, isto significa 2 meses fora da meta dentro de um período de 12 meses. Também falei no ano passado que pretendia “viajar um pouco mais”, outra meta furada. Passei o ano todo sem fazer qualquer viagem. Pelo menos, em se tratando de valor de carteira, estabeleci uma meta que estava mais próxima a realidade. Para vocês terem uma ideia, em 2011 estabeleci uma meta de ter no final de 2012 uma carteira de 56 mil reais. Acabei terminando com 67 mil, uma diferença de quase 20%! Apesar de não ter atingido a meta de ter 95 mil no final de 2013, pelo menos a meta estava muito mais desafiadora que a anterior.


Metas para 2014
Pretendo alcançar para o final de 2014 uma carteira que valha pelo menos 125 mil reais, o que representa um aumento de cerca de 32 mil reais. Ano passado aportei 21.550 reais e para este ano de 2014 não há qualquer perspectiva de que meus aportes aumentem. Logo, para chegar à meta terei que contar com os rendimentos de minha carteira.
De parte de minha carteira de ações, estou satisfeito. Caso realize alguma mudança, pretendo diminuir minha exposição ao Banco do Brasil. Os dividendos serão prontamente investidos nas outras empresas. Caso considere oportuno, há possibilidade da realização de vendas.
Apesar de estar satisfeito com as ações que compõem minha carteira, continuarei estudando as empresas da bolsa a procura de empresas que eu considere mais atrativas.

Vida Pessoal
O ano de 2013 foi bem parecido com o de 2012. Como alguns de vocês sabem, faço faculdade. Estou a caminho do 4ª ano e se tudo der certo estarei terminando no final de 2014. Andei adiantando algumas disciplinas, o que demandou maior afinco perante os estudos. Felizmente passei com boas notas em todas as disciplinas. Não vejo a hora de terminar esta faculdade \o/.
Optei por faculdade na área de TI pois tenho facilidade com lógica. Reunindo minha área de formação com minha paixão por investimentos em ações, decidi desenvolver programas que relacionados a bolsa. De fato, não é apenas uma decisão, pois  algumas dessas ideias deixaram de ser apenas ideias e estão em fase de desenvolvimento, com progressão a contento. Apesar de fazer faculdade de TI, não gostaria de trabalhar na área. Minha impressão é de que o ambiente é muito estressante. Pelo que conversei com alguns profissionais da área, não é apenas impressão minha.
Minha meta pessoal em 2014 será terminar a faculdade, o que possibilitaria focar meus estudos para os concursos, que são meu ponto forte.
Sendo sincero com vocês, estou achando muuuuito lento o crescimento de minha carteira, principalmente devido aos aportes de 1.200 reais. Sei muito bem que 1.200 reais não é pouco dinheiro. Muito pai de família sustenta a casa com menos do que isso. Mas se eu realmente quero chegar a independência financeira precisarei aumentar meus aporte, senão terei que contar que minha carteira possua algumas empresas que se tornarão aqueles casos históricos de sucesso da bolsa. Não posso contar apenas com isso.

O que dificilmente acontecerá em 2014
Mais uma vez não há previsão de aumento salarial. Está acontecendo justamente o contrário. Ao mesmo tempo em que meus aportes estão sendo mantidos, também minha qualidade de vida está caindo. Dia após dia estou sacrificando cada vez mais meu bem estar em pró dos aportes. E cada mês que passa está mais difícil. São os efeitos da inflação. Por isso, não esperem grandes aumentos dos aportes no ano.
Pretendo manter o ritmo de 2 postagens por mês mais a postagem de fechamento. Como disse a vocês, já estou estudando para concurso público e preciso dedicar um pouco de meu tempo. Passar neste concurso será um fato que mudará minha vida para sempre.
Vocês não tem ideia de como meu coração se enche de alegria ao saber que há pessoas que acessam este blog para ler as postagens. Por causa disso, mesmo diminuindo a quantidade de postagens, faço de tudo para que a qualidade de cada uma seja mantida. Podem ter certeza de que dou o melhor de mim para produzir as postagens que são disponibilizadas neste espaço. Muito obrigado por acompanharem o blog. A nossa troca de ideias e informações é um fator importante que contribui para a multiplicação da educação financeira no nosso país.  

Abaixo algumas das postagens que mais gostei de fazer em 2013:

Desejo a todos vocês os mais sinceros votos de felicidade. Que todas as suas metas de realização sejam alcançadas em 2014.


Seguindo com disciplina e determinação!

46 comentários:

  1. Mestre, meus melhores votos de concretização das metas neste ano. Além disso, minhas congratulações pela excelente encerramento do ano de 2013.

    Manter a estatura dos aportes não é fácil.

    Hemos de triunfar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Idiota,
      Sempre uma alegria ler suas belíssimas palavras. A batalha é dura, mas triunfaremos perante os percalços.
      Abraços

      Excluir
  2. Bacana seu relato, realmente não é fácil essa divisão entre aportar x qualidade de vida, em algum momentos precisamos abrir mão de alguma coisa, e é exatamente o que planejei para 2014. Vou me dedicar para liquidar meus compromisso financeiros e iniciar novamente meus aportes para investimentos.

    Boa sorte pra você neste ano, Além da Poupança. Depois passa lá no meu blog, criei ele nessa última semana, lá vou compartilhar toda a trajetória para os meus objetivos do ano.

    Abraço!
    http://mirenoalvo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procuro fazer de tudo para manter meus aportes. Mesmo baixando paulatinamente minha qualidade de vida, ainda está sustentável.
      Dou uma passada no seu blog, sim.
      Abraços

      Excluir
  3. Não acho que vale a pena comprometer (muito) da qualidade de vida para os aportes, pois quando passar sua juventude ela simplesmente não vai voltar. Melhor fazer já o que se deseja do que para depois quando a saúde, a disposição e o tempo já estiverem menores.

    Porém, a hora de focar no seu aumento de renda é agora. Pode focar em aumentar aporte vide aumento de renda, mas nao por sacrificio de qualidade de vida.
    Se, por outro lado, voce parece ainda estar muito atarefado com estudos e tal, entao simplesmente ainda nao dá pra ter salarios maiores, entao nao ha, por ora, com o que se preocupar (aceitar que nao da pra aportar mais, agora, e pronto).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Por isso é preciso buscar o equilíbrio entre aportes e qualidade de vida.
      Abraços

      Excluir
    2. Juventude pobre não tem graça nenhuma. Aporte e tenha uma meia-idade feliz. Tu és menino, não tens 30... Aos 40 serás jovem e já poderás iniciar o desfrute do que plantaste.

      Abraço!

      Excluir
  4. Fala AdP!

    Ce foca em algum concurso em especial, ou somente em uma area? Se sim, qual?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tinha um concurso em mente mas agora estou procurando por outros.
      Abraços

      Excluir
  5. Boa sorte com seus objetivos para 2014, AdP! Você merece! De toda a blogosfera de finanças, pra mim, o seu blog é a maior referência. Serei eternamento grato pela ajuda que você me deu sobre ações e fundos.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, MIN, pela força. Seguiremos avante em 2014!
      Abraços

      Excluir
  6. Cara, tambem sou da area de TI.
    Se por um lado não falta emprego, por outro não falta pepino hehe
    Mas gosto do que faço.
    Acredito que você está mais do que bem, ainda mais que está terminando a faculdade ainda, e vai começar a ganhar uma grana muito melhor só com 4 ou 5 anos de carreira...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto muito de TI, mas trabalhar com isso é complicado. Não pretendo seguir carreira na área.

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. ADP,

    mais uma vez parabéns pelo blog. Tenho acompanhado todas as suas postagens e tudo o que vc escreve tem sido de grande valia para mim. Obrigado por compartilhar seu tempo e conhecimento!

    Me encontro em uma situação, e acredito que até idade, semelhante à sua (exceto que minha carteira ainda estã beeem menor.. hehe). O sacrifício de algumas pequenas coisas acaba sendo inevitável nesta fase de acumulação, mas tenho certeza que no futuro quando olharmos para trás, vamos ver que tudo valeu a pena.

    Desejo que todos seus objetivos em 2014 sejam alcançados.

    Saúde e paz!

    Abraços.
    Alison

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom saber que o que escrevo ajuda outras pessoas, de uma forma ou de outra.
      Como você disse, é preciso ceder em algum lugar para a acumulação. Se fizermos que nem a maioria faz, terminaremos como a maioria termina.
      Abraços

      Excluir
  9. Rido trocou a COCE5 pela ALUP11 na carteira de dividendos, depois veja lá no meu blog.
    Pergunta: A ALUPAR já pagou dividendos? Não vi em site nenhum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não to nem aí para o que estas corretoras dizem. Quanto mais distância, melhor.
      Alupar já pagou dividendos, mas somente quando não era aberta.
      Abraços

      Excluir
    2. Eu coleto e processo todo tipo de informação, dos colegas de blogs, foruns de discussão, sites de fundamentos, e inclusive corretoras, o importante é saber filtrar o que é real e o que é tendencioso, e é sempre bom ver alguém mais gabaritado que você seguindo a sua mesma linha de raciocínio, reforça suas posições.

      Excluir
    3. Se a pessoa for mesmo mais gabaritada que você e não há interesses ocultos por trás, então vale a pena dar uma olhada. Mas fico arrepiado quando vejo o termo "Carteira de ações recomendada".
      Abraços

      Excluir
    4. Tem que saber separar o joio do trigo. Mas existe um certa competição ente as corretoras nesta questão de carteira recomendada, elas não vão querer deixar por menos neste 'ranking' que a mídia monta, então sempre dou uma olhadinha, mas só para balisar com a minha carteira.
      Depois veja no meu blog a discussão sobre a redução do RAP da elétricas TAESA e Alupar. Queria sua opinião sobre elétrica de transmissão x elétrica de geração.

      Excluir
    5. Este é justamente o problema. Para ficar "bem na foto", muitas corretoras recomendam coisas bem arriscadas. Se der certo elas vão ficar por cima. Se der errado serão apenas mais uma dentre várias outras. Eu não dou a mínima para o que estes caras falam.

      Sobre a discussão do RAP, tem que levar em consideração que (1) as reduções não coincidirão em um ano específico, (2) algumas concessões estão sobre o regime de revisão tarifária, e não terão esta redução do RAP, (3) As empresas, antes de concorrer a uma concessão, já estipulam uma rentabilidade mínima, e obviamente levam esta redução de RAP em consideração (ou seja, uma empresa responsável só aceitaria estes termos se for vantajoso), (4) a empresa possui outros projetos em andamento, que tendem a compensar eventuais reduções, (5) a maioria das pessoas aqui fora que comentam sobre isso sabem muito menos que as pessoas que trabalham lá dentro, que são muito bem pagas, formadas e informadas sobre isso. Por isso as pessoas daqui de fora são mais suscetíveis a serem propagadoras de pânico, pois no fundo apenas repetem coisas que veem em fóruns. Este é um motivo de eu não gostar de comentar sobre estas tecnicidades, pois assumo que nada sei e assumo que a empresa saberá administrar. Pelo menos é o que ela tem mostrado. Se ela vacilar, não tem problema, parto para outra empresa. Este deveria ser o papel básico do investidor.
      Abraços

      Excluir
    6. De qualquer forma não devo colocar mais dinheiro na TAESA, também assumo que nada sei, e com este nada sei estou achando a ALUP11 uma melhor opção, rs. Vou tentar equilibrar a carteira em 50% geração (CMIG3 + TBLE3) e 50% transmissão (TAEE11 e ALUP11).
      Abraço!

      Excluir
  10. Valeu mano, graças a seu post eu mudei o rumo dos meus investimentos. Assim como vc meu aporte tbm é pouco. Mas vamos a luta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De grão em grão a galinha enche o papo. Manteremos nossos aportes, mesmo sendo baixos.
      Abraços

      Excluir
  11. Não tente sacrificar muito sua qualidade de vida. Vc não reajusta seu aporte com a inflação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não está tão insuportável assim. Dá pra aguentar. Não reajusto. Quero aumentar de uma vez só. Para isso estou estudando.
      Abraços

      Excluir
    2. Também sou funcionário público e sempre reajusto meu aporte quando há reajuste no vencimento (no LP vai perder dinheiro pela inflação). Mas sei lá, você sabe o que faz.

      A rentabilidade você calcula como forma educativa ou serve para vc avaliar e girar patrimônio?

      Aliás parabéns pelo blog! Sempre acompanho mas é a primeira vez que comento.

      Excluir
  12. Cara, te desejo sorte. Esteja certo de que a qualidade de seu blog é muito alta, eu acompanho cada postagem.

    Vinícius

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vinicius. Obrigado por acompanhar o blog.
      Fique a vontade para comentar quando achar pertinente. Quanto maior a discussão, melhor.
      Abraços

      Excluir
  13. AdP, acho que nossas situações são bem parecidas. Tbm sou universitário, vou pro último ano mas aporto menos que você. Nenhuma perspectiva de aumento salarial e também tô achando bem lento o crescimento da minha carteira, apesar de estar satisfeito com os dividendos. Vamos ver se a Dilma e o lixo do Mantega ajudam em 2014 pra dar uma arribada no valor das carteiras. Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver até onde irá esta queda das ações...
      Fiz umas contas aqui e obtive cerca de 6% de proventos em 2013. Não acho ruim :)
      Abraços

      Excluir
  14. Acompanho o seu site a algum tempo. Trabalho com Ti ( redes telecomunicações em uma operadora) a alguns anos. No seu lugar estudaria para concursos públicos mesmo. A área de Ti e muito estressante, você tem que estar disponível 24 horas dependendo do seu cargo. Meu sonho e um dia mudar de área. Boa sorte nos concursos... Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que todos falam. Disponibilidade 24 horas. E a área de TI dentro dos órgãos públicos não é muito diferente disso não, salvo em alguns casos.
      Abraços

      Excluir
    2. Será que nos TRT TRE também é assim?

      Tô pensando em fazer o concurso do TRT Paraiba, 7 vagas para analista TI e 15 vagas para técnico TI

      Dizem que João Pessoa é legal de viver. Se passar deixo SP sem olhar para trás.

      Excluir
  15. A planilha de rendimentos mais recente é a dessa postagem?

    http://alemdapoupanca.blogspot.com.br/2012/08/atualizacao-da-planilha-de-rendimentos.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas as postagens referentes a esta planilha levam a uma só. Poderá acessá-la por esta postagem também.
      Abraços

      Excluir
  16. AP,

    Sempre acreditei que o maior investimento que podemos fazer é na educação. NO seu caso está investindo na faculdade e paralelamente num concurso publico. Depois de formado estará em condições de brigar por vagas que exigem nível superior e com salarios acima de R$ 15k, ou seja, é só ter paciência e logo estará aportando bem mais que R$ 1.200,00.

    concurso publico é um ótimo investimento para quem tem disciplina e verás a qualidade e vida que irá te proporcionar. Desde que escolha a carreira certa.

    Abs e obrigado pelos posts

    Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo apoio, Paulo. Se tudo der certo estarei em um cargo bem melhor que o meu atual em menos de 5 anos.
      Abraços

      Excluir
  17. Oi Além da Poupança. Acompanho seu blog há um tempo e estou iniciando um novo projeto. Você poderia adicionar o meu link na sua lista de blogs? (www.itradesys.com.br)

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo. Seja bem vindo a blogosfera.
      Espero que você entenda pois atualmente estou adicionando blogs com pelo menos 6 meses de vida, com pelo menos 1 postagem por mês. A evasão de blogs novos está alta, e toda hora eu precisava adicionar e retirar os blogs de meu blogroll. Com 6 meses terei o maior prazer de te adicionar. De qualquer forma, acompanharei também o seu blog.
      Abraços e sucesso

      Excluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Sucesso meu caro pra esse ano. O tempo tá voando!
    Dê uma olhada no meu blog assim que vc puder. Obrigado
    http://simpleseprospero.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. ADP, tb sou da área de TI e faço aportes mensais na casa dos 1000, entretanto ainda mais focado em renda fixa, por estar estudando o mercado de ações. Faço faculdade tb e estou no terceiro ano.

    Acho um grave engano esse senso comum sobre nossa área, acredito fortemente que temos uma das profissões mais versáteis do mercado, pois sendo um bom profissional, não temos limites do que possamos fazer. Dá pra aventurar freelancer, dá pra aventurar abrir uma startup em alguma área carente, dá pra ser desenvolvedor independente de apps (android, ios), dá pra trabalharhome office, dá pra seguir um trampo convencional em empresa privada/pública que coma 8 horas do seu tempo.

    Rapaz é um mundo de possibilidades e a criatividade e esforço do profissional é o que dirá como ele irá aproveitar essa flexibilidade da área.

    Abraços
    Insanity

    ResponderExcluir

Anônimos, contribuem e deixem um nome para que seja possível outras pessoas fazerem referências, estabelecendo melhor a troca de ideias. Educação é sempre bem vista.
Mensagens de trolls serão moderadas.