segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Liquidei minha posição em criptomoedas. Saiba o porquê


Há 8 meses fiz uma postagem chamada “Acredite, o Bitcoin vale 1 trilhão”, no qual, de fato, o “valor de mercado” do Bitcoin tinha alcançado a marca de um trilhão de reais. Nesta postagem, relatei o que aconteceu com o dinheiro que tinha separado para aplicar nessas criptomoedas, o qual se multiplicou rapidamente. Entretanto, o que não sabia era que naquele momento, o Bitcoin tinha atingido seu pico de valor de mercado. De lá para cá, a moeda perdeu muito de seu valor. No momento ela está como preço de 435 bilhões de reais, o que é ainda um valor muito alto, mas bem abaixo do que valia 8 meses atrás.
Na época, também tinha comprado uma moeda chamada Raiblocks (hoje chamada Nano) pois ela não tinha custo de transação, é escassa e com transação extremamente rápida. Essa moeda estava se valorizando rapidamente pois o Bitcoin estava enfrentando severos problemas de congestionamento, com transação lenta e com custo de transação elevadíssimo. A valorização foi tamanha que minha carteira de criptomoedas chegou a valer cerca de 70 mil reais.
Entretanto, aconteceu uma grande questão. O Bitcoin passou por melhoras significativas no qual a velocidade de transação ficou bem mais rápida a custos bem menores do que era 8 meses atrás, de forma que fez com que uma moeda no formato da Nano não era tão especial assim, pois apesar de ainda Bitcoin ter custos envolvidos, esses no momento são ínfimos, mas a abrangência e o reconhecimento do Bitcoin valem mais. Alguns afirmam que a Nano é uma moeda melhor que o Bitcoin, e eu ainda concordo com isso. Mas ser melhor não basta, tem que ter usabilidade. Acho que um paralelo bom para descrever isso seria comparar o Telegram e o Whatsapp. Dizem que o primeiro é melhor, mas o segundo ainda é mais utilizado e cumpre bem sua função, além de ter sido o pioneiro.
O resultado é que a Nano viu seu valor cair vertiginosamente, junto com minha carteira.
Por que vendi?
A verdade é que cansei de acompanhar essa moedas. Claro que provavelmente a queda vertiginosa também ajudou, mas cansei que tentar acompanhar essa moedas e no momento desejo ficar como espectador.

Meu erro?
Considero que meu erro é tentar aplicar meus métodos de investimento de longo prazo de ações para as moedas, sendo que se já considero o mercado de ações dinâmico, o mercado das criptos é o dinanismo elevado a potência de 100. Logo, não faz sentido querer aplicar os mesmos conceitos para essas classes.
No mercado de ações, apesar do vai e vêm, no fundo há uma empresa por trás e você, mesmo que seja um completo leigo, consegue avaliar seu desempenho e ter uma opinião sobre o produto. Pode aprender conceitos básicos de contabilidade para ter uma ideia do que está acontecendo com os números da empresa. Por isso, não faz sentido querer aplicar os mesmos conceitos para as criptomoedas, cujo valor de mercado está relacionado a pura força de demanda e oferta. Claro que no mercado de ações o que manda é a procura e a oferta, mas há fundamentos por trás que indicam mais ou menos o que se pode esperar.
Qual o impacto disso na minha carteira?
Quando anunciei minha compra de moedas eu deixei claro que aportaria pouco pois sempre achei esse mercado especulativo. Por isso, aportei ao todo um total de R$3.602,00, o que, considerando meu portfólio de investimentos, não é muito dinheiro.



A figura acima mostra não apenas o aporte de dinheiro novo, como também se houve mudanças intraclasses, ou seja, se por exemplo eu vendi ações ou Tesouro Direto para comprar criptomoedas, o que não aconteceu. Os FII, por exemplo, possuem um valor de aporte muito baixo porque tenho mês a mês retirado dinheiro de seus aluguéis para aportar em Tesouro Direto.
A figura mostra que apenas 2% de meus aportes foram dedicados as criptomoedas, um valor que eu considero que mesmo se virassem pó, minha carteira não sentiria. Claro que com a expansão das moedas e sua subsequente desvalorização deu um solavanco na carteira, mas não referente ao valor originalmente colocado. A valorização e a desvalorização foi gerada pela própria oscilação das moedas, sem colocar o portfolio de investimentos em risco.
No processo de liquidação das moedas, tive que (1) mandá-las para a Binance, (2) convertê-las para Bitcoin, (3) mandá-las para minha carteira de Bitcoin, (4) mandá-las para a FoxBit, (5) convertê-las para Real, (6) mandá-los para minha conta corrente, e ainda está pendente (7) mandar esse dinheiro para a minha corretora para comprar Tesouro Direto. Ufa. São muitos passos, mas acredite, do 1 ao 5 dura apenas alguns minutos.
Olhando para o que caiu na minha conta corrente, o valor foi de R$6.046,35. Claro que o valor é bem inferior aos 70 mil que a carteira chegou (que seria o momento ideal para venda caso eu tivesse uma bola de cristal), mas pelo menos o valor está acima dos R$3.602 aportados, o que representa um ganho de 59%.
E agora?
Claro que é uma situação chata você ter um ativo que já valeu muito mais do que agora e você vendê-lo após quedas sucessivas, mas mesmo assim, no final das contas, valeu a pena. Acredite, não perdi nenhuma noite de sono por causa dessas moedas e na verdade fiquei até feliz quando o dinheiro da venda caiu na minha conta. Mesmo se por ventura essas moedas subirem daqui pra frente, não ficarei arrependido.
Antecipando comentários, já digo de antemão que em nenhum momento disse que criptomoedas são ruim, furada, esquema de pirâmide, nada disso. Se você acha que vale a pena, continuar investindo, eu apoio a ideia. Se você acha que criptomoedas são coisa de doido, eu respeito sua opinião. Acredito que ninguém aqui é especialista para ficar batendo o pé referente a uma opinião sobre essa questão.

E você, o que achou? Deixe nos comentários.

61 comentários:

  1. Olá AdP,

    Interessante sua experiência.

    O importante é que você não investiu muito, soube acompanhar a volatilidade e ainda saiu com um bom lucro.

    Criptomoedas é algo ainda que não se estabilizou como moeda. Se você acompanhar as variações cambiais verá que são pequenas no dia a dia, algo bem diferente da volatilidade das criptos.

    Também já fui mais entusiasta do modelo, mas nada impede que ele comece a ter uma utilidade mais ampla no futuro.

    Abçs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá II,
      Obrigado pelas palavras. Foi uma experiência interessante.
      Abraços

      Excluir
  2. Particularmente eu teria esperado um pouco mais, mas como não temos bola de cristal logo a máxima ainda continua valendo, lucro bom é lucro no bolso. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei na dúvida também e pensei em deixar elas pra lá, pois nos extremos, isso poderia ir do pó (o que não me afetaria muito) ou até valer alguma coisa (que poderia quem sabe ser algum valor interessante), mas aí eu cansei mesmo e liquidei tudo, kkkk.
      Abraços

      Excluir
  3. Vc ainda saiu bem, não perdeu... mas que o pessoal se emocionou com Bitcon e principal Nano e saiu comprando aloprado, isso é real... Pessoal comprando na alta e vendendo na baixa, como sempre. Depois o Bastter chama todo mundo de sardinha e o pessoal acha ruim, rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anon,
      Realmente foi perigosa a ideia de algumas pessoas aportarem grande parte nas criptomoedas. Na verdade, a fase que esse risco valia a pena foi há uns 5 anos atrás. Aí sim era uma fase boa, mas aportar muito depois dessa mega valorização é complicado e requer muita coragem.
      O que eu aprendi é que, em se tratando de tecnologia, quem se dá bem são os pioneiros. Veja por exemplo os ramos de sistema operacional, banco de dados, desenvolvimento web e comércio online, mídias sociais, dentre outras, quem se antenou e antecipou o investimento são muitos daqueles que estão hoje na lista da Forbes. Esse conceito pode até ser aplicado num simples canal de Youtube, onde muitos dos que hoje faturam uma grana foram aqueles que investiram na plataforma quando ninguém dava importância e nem era monetizado. Alias, acredito que essa é a ideia que investidores anjo possuem ao procurar uma startup, uma ideia nova e ainda não difundida. Creio que o mesmo conceito se aplica na criptomoedas ou em qualquer coisa que relacionada que surja no futuro.
      Sobre o efeito manada, realmente isto aconteceu e posso dizer que fiz parte dele, entretanto, coloquei pouca grana pensando no risco embutido.
      Abraços

      Excluir
  4. Tá ótimo AdP, óbvio que ter vendido por 70k era melhor mas ao menos saiu com um belo lucro. Acredito que fez bem, afinal sou da turma que "acha que criptomoedas são coisa de doido".

    Abraço!

    Corey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Corey,
      Saí com lucro bem longe dos 70k mas poderia ter saído pelo menos com 5 dígitos, né, kkkk.
      Realemnte é coisa de doido. Coloquei 3k6 e bateu na casa dos 70k e depois voltou para 6k. Oscilação fortíssima e o cara tem que ser meio doido mesmo pra colocar dinheiro nisso, kkkk.
      Abraços

      Excluir
  5. Sair com lucro é o que importa. Criptomoeda é realmente um ativo complicado e que ainda tem muito o qur que amadurecer para se tornar uma opção a se considerar em uma estratégia de gestão de patrimônio. Valeu a experimentação. Abs
    Financionauta

    ResponderExcluir
  6. Olá ADP,

    Mesmo não tendo vendido na alta, você se saiu super bem! Quase 60% é um ótimo trade!

    Eu tive sorte em vender boa parte antes, pois entrei bem depois que você. Assim consegui uns 60~80%. Se não tivesse vendido, estaria com um belo de um preju.

    O que sobrou vou deixar para ver o que acontece.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Inglês,
      Você foi bem então ao evitar prejuízo e sair com um bom lucro.
      Abraços

      Excluir
  7. Olá ADP,

    Acho que você fez o certo. O foda é que sua carteira subiu mais de 1000% e você não vendeu. Claro, você não tem bolsa de cristal. Tem um alguns blogueiros por aqui que aportaram as fichas nas criptomoedas e estão amargando um prejuízo enorme.

    Eu comprei 700 reais (em cripto) e já perdi mais de 80% do valor. Já pensei em vender, mas vou deixar para o final do ano.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cowboy,
      Pois é. Não vendi por 1000% de lucro ao tentar aplicar nas moedas o mesmo conceito que levo para as ações, coisa que não deveria ter feito. Uma coisa não deve ser encarada como a outra e paguei o preço por isso. Mas tudo bem, serve como ensinamento.
      Você está perdendo mas pelo menos aplicou pouca coisa, então não deve estar te afetando. Faz parte do manejo de risco.
      Abraços

      Excluir
  8. Desnecessário ter liquidado tudo, ADP. Um bom meio termo seria ter retirado só o dinheiro original e deixado o resto ao sabor do mercado.

    Ainda estou apostando em Nano. A moeda só melhora a cada dia. Já temos carteira mobile, desktop e web. Tudo funcionando. Novos projetos aparecerem e a comunidade é bem forte. Otimizações nos nodes também estão sendo feitas.

    Com relação ao bitcoin temos a LN que ainda é mais uma promessa do que uma realidade.

    Achei a sua comparação entre Telegram e What's app infeliz. Nano não possui apenas uma ou duas firulas a mais. Zero de taxa e velocidade é ESSENCIAL para o uso de uma moeda no dia a dia. Se você pesquisar há moedas que sequer possuem carteira mas que estão acima da Nano no market cap.

    Mas logicamente, o mercado pode dar uma banana para tudo o que estou dizendo e fazer a Nano virar pó. Vai saber. Por isso o controle de risco. Mas vejo boas chances da moeda se recuperar sim. Lembre-se que ela não precisa necessariamente substituir o BTC para trazer um alto retorno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é anon,
      É complicado. Apesar de ter vendido minha posição, ainda acho a Nano uma moeda melhor e um projeto bom. Mas cansei, kkkk. E posso muito bem pagar o preço pela minha impaciência. Estou ciente.
      Também cheguei a cogitar a possibilidade de vender somente a parte referente ao aporte, mas daí decidi vender tudo mesmo.

      "Se você pesquisar há moedas que sequer possuem carteira mas que estão acima da Nano no market cap."
      Realmente acho estranho várias moedas que são praticamente lixo terem um Market maior que a Nano, mas vai entender o mercado. Por enquanto vou ficar de fora.
      Abraços e sucesso

      Excluir
  9. Mais uma vez Buffet estava certo. O futuro certamente será de uma Cripto (espero que apenas uma) mas esta bagunça que virou o mundo cripto levou a credibilidade das mesmas a zero. Quando qualquer pessoa pode criar moedas sem controle nenhum, certamente isto seria um grande fracasso !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No auge das criptos estavam saindo moeda de tudo quando é jeito. Tinha até cripto voltada aos dentistas, a da comunidade judaica e a do público gay. Tinha moeda pra tudo, mas qual o sentido disso? O lado bom é que o sistema é livre e quem impõe credibilidade é o público.
      Abraços

      Excluir
  10. Na minha opinião você só teve lucros. Lucro financeiro pois obteve uma rentabilidade muito maior do que seu maior case (TD) e lucro de experiência, pois pode acompanhar como funciona toda essa "dinâmica" louca dos mercados de crypto, mercado este que não pretendo ingressar por convicções.

    Independente do valor que já valeu, lembre-se que você poderia ter perdido grande parte do seu patrimônio, assim como muitos que quando viram a explosão do bitcoin, começaram a aumentar assustadoramente sua posição nela e hoje amargam o prejuízo.

    Toda experiência é válida! Um abraço!

    https://buscandorendapassiva.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá BRP,
      É verdade. Acompanhei durante um tempo esse mercado e saí com lucro, apesar de que eu poderia ter saído com um lucrão.
      Abraços

      Excluir
  11. Estou com algumas moedas na careira. Prejuízo de uns 10k. Vou deixar até fim do ano e ver o que vai virar.

    ResponderExcluir
  12. Fala AdP,

    Cripto não me arrisco, geralmente quando sai a notícia o trem já partiu, ganhou muita grana quem apostou bem no inicio qdo bitcoin estava 100 dolares cada.

    abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá PM,
      Quem investiu no comecinho e manteve ganhou uma bolada.
      Abraços

      Excluir
  13. Oi,

    Em 2017 tive lucro de 67%, de R$1000 para R$1670 depois das taxas que foram muitas. E foi minha segunda tentativa de tentar lucrar com BTC.

    A primeira foi usar o CEX.IO no final de 2013, comprava BTC e convertia em capacidade de processamento para gerar mais BTC para comprar mais processamento, famoso cloud mining. Na época, para teste, comprei 50 reais em BTC, acho que cada BTC valia algo proximo de 650 dólares e o dólar estava próximo de 2 reais. A mineração rendia 10% ao mês, mas eu não tinha planos de colocar mais dinheiro.

    Em março 2014 o preço do BTC começou a cair e só "recuperou", ao patamar igual ao final de 2013, próximo ao final de 2016. Vendo essa queda eu acabei desistindo do BTC, pois além da perda de valor, o cloud mining não era mais viável e foi automaticamente desligado pela CEX.IO, uma vez que a complexidade de mineração ao longo do tempo vai aumentando assim como os custos (energia elétrica). Quando voltou a ser viável a mineração, minha capacidade de mineração era irrelevante, para não dizer nula.

    Mas acredito meu pior erro foi pensar nessa coisa de cloud computing. Comparando com ouro, normalmente ninguém compra ouro e depois troca esse ouro em uma máquina de minerar ouro, as pessoas apenas guardam o ouro ou o titulo.

    O engraçado é que a primeira vez que ouvi o termo Bitcoin foi em 2011 na faculdade e acho que valia 1 dólar. O meu pensamento e dos meus amigos era: "Quem vai pagar 1 dólar em uma coisa que não existe?". E olha que era fácil minerar, era um programa de computador.

    Hoje é fácil falar de arrependimento, pois olho apenas o lado esquerdo do gráfico. E outra, se valia um dólar claramente eu teria vendido quando bateu 300 dólares, a gente nunca sabia onde seria o topo que foi 17 mil dólares.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Messier,
      Eu sempre tive uma dúvida em relação a esses serviços de mineração. Se a mineração não é rentável, não era melhor o dono do sistema de mineração minerar para ele próprio ao invés de "alugar" as mineradoras? Na verdade fico meio confuso com isso.
      Poxa, 2011? Se você tivesse investido só 100 reais, considerando o dólar a R$1,60 e cada bitcoin a 2 dólares, você poderia ter comprado 31 bitcoins. Se cada um hoje vale 27 mil reais, isso significa que você teria uma bolada hoje, kkkkkk. Mas é aquilo que você disse, provavelmente você (eu inclusive) teria vendido bem antes.

      Abraços

      Excluir
  14. Olá ADP

    Também sou entusiasta da nano e arrisquei cerca de 70% de todo meu patrimônio em cripto moedas (não só na Nano só para deixar claro) mas grande parte está em nano obviamente. Uma loucura dado meu perfil eu sei. me deixei levar pelo momento. Também cheguei a ter um belo montante em mãos mas não vendi. Hoje estou no "preju" como todos sabem. E sabe como eu lido com isso? Tranquilamente!

    Durmo bem, não me preocupo e nem me estresso. E tem mais, não estou despreocupado assim por imaginar que alguma hora as criptos podem voltar a subir ou algo do tipo, não mesmo. Estou despreocupado porque esta volatilidade me fez perceber que não podemos deixar as altas e baixar do mercado ditar o nosso eu emocional. Se tudo cair e virar pó não vou perder nenhum braço, ou uma perna, continuarei sendo eu ainda. Se acontecer de tudo subir a mesma coisa, continuarei sendo eu. Não estou dando uma de desapegado de coisas materiais, não é isso, só que simplesmente não me deixo afetar ao sabor do mercado. Claro que isso tem um lado ruim pois afeta o eu racional. mas agora que a "cagada" já esta feita não há mais o que fazer.

    Até onde eu vou nessa história? Vou deixar tudo lá, se virar pó virou. São cerca de 40k que coloquei. Se subir... subiu. ai vejo o que faço.

    Eu no seu lugar teria retirado apenas o que voce havia investido inicialmente e deixado a outra parte lá e esquecido este ativo na gaveta. talvez só olharia daqui uns 5 anos. Afinal este lucro que voce retirou em nada mudaria sua vida caso virasse pó. Mas se crescesse novamente com certeza um bom retorno lhe teria dado. E vou mais além, agora que você já vendeu eu ainda lhe recomendaria recomprar estes 3k em cripto e deixaria o dinheiro lá, parado e esquecido afinla com certeza este pequeno montante não lhe faria falta.

    Mas esta é só minha opinião. rs

    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Mestre! 70% em cripto é falta de juízo, rs

      Excluir
    2. 70% do patrimônio é quase ou tudo ou nada, rs.
      Pensei em deixar pra lá pois se eu retirasse, pegaria um valor que faria pouca diferença no meu patrimônio, mas se eu deixasse, poderia ir ao pó (o que também faria pouca diferença ao patrimônio) ou quem sabe alguma reviravolta. Mas decidi vender porque cansei.
      Abraços

      Excluir
  15. Já me arrependi de ter comprado as criptos quando ela estava na alta, e posso me arrepender se vender agora que está na baixa. Vou esperar, acho que elas ainda tem muito potencial pela frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe acontece algo, né? Tem gente que diz estar esperando uma "terceira onda do Bitcoin" ou algo do tipo.
      Abraços

      Excluir
  16. Eu comprei no inicio de 2017, vi uma valorizacao de quase 10x mas tambem perdi o timing da venda... Vendi o equivalente ao meu investimento inicial enquanto o retorno ainda estava em cerca de 200% e deixei o resto la, se virar po nao sera um desatre mas se voltar aos patamares anteriores representa um otimo lucro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também comprei nessa época. Acho que foi o finalzinho para chegar na festa e poder comer alguma sobra.
      Abraços

      Excluir
  17. Investi em BTC no período compreendido entre Junho e Outubro do ano passado e obtive uma rentabilidade bruta equivalente a 400%. Após o pagamento das taxas geradas na conversão para reais eu saquei 70% do lucro líquido e investi o restante em um portfólio de altcoins (uma delas a Nano) que está em queda vertiginosa desde o início do ano.

    Meu arrependimento foi não ter realizado o lucro de forma integral. Investi em criptos que, teoricamente, continuariam com uma trajetória de preço ascendente e acabei "quebrando a cara".

    Mas devo parabenizá-lo pela maturidade com a qual vc encarrou a situação, ADP. Diante do "equívoco" de não ter realizado imediatamente o lucro quando sua carteira de criptos multplicou 10X vc não sucumbiu ao desespero, não se martirizou e nem quis por a culpa no mercado.

    Apesar de tudo ainda mantenho o entuasismo nas criptos e na tecnologia subjacente a elas. Porém, admito que esse mercado é muito volátil, imprevisível e que ainda carece de aplicação prática e aceitação massiva no mundo real.

    O universo das criptos também é repleto
    De peculiaridades incompreensíveis. Existem várias moedas mais rápidas, seguras e escaláveis que o BTC que jamais irão destroná-lo, apesar de suas qualidades técnicas superiores. A Nano é uma delas. É praticamente impossível fazer uma extrapolação para inferir quais moedas e tokens irão prevalecer no futuro ou se esse mercado entrará em um colapso irreversível.

    Mas sigo acompanhando e investindo pouco dinheiro nesse mercado, ciente de seus riscos astronômicos. Perto dele, mercado tradicional de ações parece "brincadeira de criança".

    Parabéns por mais essa experiência enriquecedora. Ela com certeza lhe deixou mais fortalecido como investidor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anon,
      Mesmo você não ter liquidado integralmente, você liquidou boa parte dos lucros e se saiu muito bem. Na sua situação eu estaria mais tranquilo ainda.
      Eu também mantenho o entusiamo nas criptos, mas no momento como espectador e não mais como expectador.
      Abraços

      Excluir
  18. Eu sabia que em janeiro era hora de vender quando vi aquele crescimento do bitcoin em dezembro.

    Falei ao blogueiro pobre sofredor pra ele vender em janeiro suas NANOS. Acho que não me ouviu e a moeda teve uma perda de 97% de seu valor.

    A NANO chegou a 36 dólares, mas quando é hora de vender tem que vender.

    Eu avisei. Eu sabia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anon,
      Pois é, deveria ter vendido pelo menos uma parte naquela época. Não vendi de ter aplicado o conceito de longo prazo nelas e quem sabe uma pitada de ganância. Vale o aprendizado. Quando se tem algo que subiu muito e não está a par dos fundamentos dela (se é que tem), realizar uma parte não faz mal.
      Abraços

      Excluir
  19. Em 3 de janeiro de 2018, quando as criptos estavam no topo vim aqui no blog dizer que estava surpreso em vê-lo sucumbir a essa febre especulativa, que gostaria que repensasse se deveria ter estas moedas e torcia sinceramente para que abandone o navio antes do naufrágio.
    Após meu comentário, você inclusive passou a inserir um alerta na sua divulgação mensal da carteira.
    Também não tinha bola de cristal e não sabia que estávamos no topo, mas era evidente que aquilo era insustentável, já que, além da valorização sem precedentes, de uma hora para outra, todos na finansfera estavam falando em ficar rico com criptomoedas.

    Apesar de lamentar ver que perdeu a chance de pular fora com uma bolada relevante para o seu padrão de renda, fico feliz de ver que encerrou esta fase especulativa e, principalmente, que, mesmo estando errado, assegurou um bom lucro.

    Errar é ruim, mas se mesmo com o erro saiu com mais do que entrou é uma experiência para não ter nenhum arrependimento.

    Quem me dera também ganhar dinheiro com meus erros.

    Abraços e voltemos ao value investing.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anon,
      Mesmo sabendo que era especulativo, não esquentei muito a cabeça devido ao pequeno valor aportado. Entretanto, adicionei o alerta para evitar influenciar outras pessoas, sendo que até cogitei a possibilidade de ocultar minhas criptomoedas para evitar influências, mas os leitores não apoiaram essa última ideia.
      Abraços e sucesso

      Excluir
  20. Olá ADP!

    Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo blog. Encontrei ele um mês atrás, comecei a retro leitura e início de sua carreira.

    Realmente eu também acreditava em criptomoedas, cheguei investir, resgatei, realizei o prejuízo e não quis saber mais. Comecei a escrever também minha trajetória. Realmente não compensa essa especulação nas criptomoedas.

    Segue firme aí, sucessos e tudo de bom.

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aprendiz, seja bem vindo ao blog.
      Se não compensa eu ainda não sei dar certeza, rs. Saí porque cansei de esperar e porque quero me concentrar na minha esfera. Mesmo assim, se um dia eu voltar a colocar dinheiro em criptos, seria no mesmo estilo: colocando pouco dinheiro.
      Abraços

      Excluir
  21. Eu nunca me arrisquei em criptomoedas.
    Eu sempre prefiro simplificar a carteira e deixar tudo enxuto.
    Acho interessante quem escreve "vou deixar pra vender depois e ver o que dá". Isso é investimento ou especulação?
    Se for especulação, não tenho perfil pra isso. Devo reconhecer as limitações do meu perfil.
    Interessante sua experiência. Bem montanha russa né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Filipe,
      Estou com essa ideia de enxugar a carteira ainda mais. Estou pensando em cortar mais ainda algumas ações e concentrar a carteira.
      Investir em criptos tem um fator especulativo e não como fugir disso, mesmo que a pessoa também trate-o como investimento. Se a pessoa quer "ver o que dá" é provavelmente porque o valor a ser liquidado é baixo e não mudaria nada a carteira mesmo se um dia ele virasse pó. Além disso, não é a primeira vez que as criptos caíram muito e depois subiram muito. Por isso, muitas pessoas querem "ver no que dá" e se torna especulação.
      Mas não há nada de errado em rechaçar essa especulação e ficar totalmente de fora para preservar o patrimônio. Na verdade é uma atitude bem prudente.
      Abraços

      Excluir
  22. Bitcoin hoje corresponde a 0,16% do meu patrimônio e por isso não me tira o sono se virar pó e nem mudará a minha vida se explodir... na verdade só comprei por curiosidade de ver como funciona e para acabar com aquela sensação ruim de que eu estava fora da "festa" (que talvez já até tenha acabado).
    Todas as vezes que penso em cryptos lembro de Viver de Renda, queria muito sabe oque ele fez com os milhões virtuais dele.... será que embolsou ou perdeu o bonde?

    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IF365,
      0,16% não é nada, kkkkk. É só uma amostra grátis dentro da carteira. Preocupação zero.
      Abraços

      Excluir
  23. Eu investi uma quantia razoável e um total de 4% do meu portfólio em crypto. Nesse momento estou com um prejuízo de cerca de 45% do valor investido, mas manterei a posição, pois diferente de vc, estou perdendo. É um valor que separei para altíssimo risco e para viver essa aposta. Ficaria muito triste de perder o total investido, mas fiz ciente de que isso poderia ocorrer. Estou disposto a esperar até 2020 (se ainda sobrar algo até lá ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IO,
      Mesmo que esteja ciente, você investiu sabendo do risco de perder, então pelo menos seria uma "perda consciente". E 4% não é muito em caso de pó, mas é o suficiente para mexer com a carteira caso suas moedas se valorizem fortemente.
      Abraços

      Excluir
  24. Parabéns pelo equilíbrio, risco controlado.
    Estou no mesmo pé que você, as Cryptos já foram representativas na minha carteira por causa da valorização mas murcharam de uns meses para cá. Posso sair com um lucro pequeno, mas vou esperar mais um pouco, como você disse se virar pó é um valor que não vai causar um impacto gigantesco na carteira.
    Belo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Surfista,
      Fiquei nesse dilema de vender ou manter, mas decidi vender. Sortudo como sou, preciso preparar o psicológico caso a moeda suba, kkkkkkk. É como uma conspiração do mercado. Depois que vendo as coisas sobem, kkkk.
      Abraços

      Excluir
  25. Teve um ótimo lucro 59% em mais ou menos 1 ano é excelente.

    Acredito, que uma das lições que aprendeu, que poderia ter realizado lucro aos poucos com vendas parcelas, assim teria tido um lucro muito maior.

    É como na bolha da tecnologia em 2000, quando as ações subiram muito, quem fosse vendendo aos poucos e realizando lucro, teria ganho muito dinheiro.

    Claro que é muito mais fácil saber isso depois, quando já passou.

    Abraço e bons investimentos.

    ResponderExcluir
  26. AdP, Acompanho sempre suas postagens, muitos boas por sinal!
    Também tive uma experiencia com cryptomoedas ano passado, embora tenha saído no momento certo, cometi algumas decisões erradas. Mas você citou bem a mesma impressão que tive a variação da cotação de qualquer moeda é muito alta. Quando se tem uma empresa por tras pelo menos vc tem os balanços pra acompanhar.

    https://jornadadopoupador.blogspot.com/2018/08/meus-investimentos-antes-do-blog-cryptomoedas.html

    ResponderExcluir
  27. Por essas e outras eu preferi ficar de fora das criptomoedas AdP. Acredito já ter emoção suficiente acompanhando minha carteira de ações.rs

    Abraço!

    ResponderExcluir
  28. Fala Adp, eu até comprei pouca coisa de cripto para teste 500 reais, li algumas coisas, pesquisei e tal, mas não é pra mim isso não, praticamente não sobrou nada delas, ainda tenho elas em carteira e apesar da desvalorização não liguei muito pra isso pois o valor foi pouco e não estava contando com esse valor.

    Vc teve um bom rendimento não se compara aos 70k, mas já é um começo.

    Abs. e bons investimentos


    https://marombainvestidor.com

    ResponderExcluir
  29. Opa,

    No final das contas você foi vitorioso. Teve sangue frio para ver a carteira chegar nos 70k e mesmo assim manteve as convicções de longo prazo. Como vc mesmo disse, o erro foi entender isto como um investimento de longo prazo, o correto mesmo é entender como instrumento de especulação. Durante todo o ano passado eu observei as criptos, estudei, fiz alguns artigos, mas sempre com intuito de aprendizado. Confesso que entrava aqui nos seus fechamentos mensais e ficava admirado com tamanha valorização. Mas foi só a partir de fevereiro deste ano que coloquei meu plano em ação. E estou conduzindo. Sempre que o BTC vem nos 24.000 reais eu compro. São compras escalonadas, já fiz 5 neste ano. Mas só faria uma aporte mais pesado caso ele caísse abaixo de 15.000 reais. Não compro alts, só btcs.

    Se vc está mais tranquilo agora, isto é o que importa.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  30. Acho que foi uma excelente decisão porque criptomoedas não geram renda!

    ResponderExcluir
  31. AdP,
    parabéns pela decisão e por compartilhar a experiência. Agora analisando retroativamente, qual era o seu objetivo com as criptomoedas? Não tinha uma estratégia de saída? Eu acompanhei toda a trajetória do seu investimento pelo blog e eu não entendi até que valor deveria chegar para você encerrar a posição.
    10x para mim seria o ponto de saída, 20x então seria mais do que o alarme para vender. É fácil eu falar considerando que o dinheiro investido não era meu, mas quando chegou acima dos 50K acho que também poderia ser sido embolsado uns 40K e deixado o restante aplicado, enfim...são talvez supostas estratégias de saída que eu aplicaria, mas como disse fácil falar olhando pro retrovisor e considerando que o dinheiro não era meu. Abraço!

    ResponderExcluir
  32. Meu pitado era que vc não era pra ter saído, deixasse tudo lá e fazia o bom e velho BH. Certas coisas precisam de tempo e persistência amigo. Vida que segue...

    Eu tenho uma empresa na carteira que já caiu muito. Não vendi e nem vou vender, vou deixar lá, se brincar vou aumentar a minha posição por 10 ou 100, vai ser apenas uma aposta, mas que um dia a maré pode virar. Abraço!

    ResponderExcluir
  33. não esquenta sobre a perda Adp.Serve de lição para todos nós.\\\\Eu também perdi em cripto.Mas coloquei apenas 5% do capital.
    Perdi em Nem(xem). Investi 1000 dólares e bateram asas.Derreteram.
    Agora é seguir em frente,cabeça erguida.
    Vou fazer o que sei.Devagar e sempre.
    Aportes dobrados como você demonstrou.
    abraços e obrigado pelos ensinamentos

    ResponderExcluir
  34. Olá ADP, acho que você tomou uma boa decisão ao sair dos "investimentos" em criptomoedas, pois realmente a mentalidade da maioria dos "investidores" neste pseudo-ativo está equivocada.

    Não quero ser aqui o cavaleiro do apocalipse, mas de forma muito cuidadosa eu coloquei meu ponto de vista sobre criptomoedas neste comentário:

    http://alemdapoupanca.blogspot.com/2017/11/saiba-por-que-invisto-em-bitcoin-existe.html?showComment=1511274158929#c6676601801345368169

    Abraços

    ps: ando sumido da blogosfera, algumas das razões estão aqui http://economicamenteincorreto.blogspot.com/2018/09/sumido-eu.html

    ResponderExcluir

Anônimos, contribuem e deixem um nome para que seja possível outras pessoas fazerem referências, estabelecendo melhor a troca de ideias. Educação é sempre bem vista.
Mensagens de trolls serão moderadas.