terça-feira, 16 de abril de 2019

Rapidinha - Disparate de preço no supermercado

Essa aqui é uma rapidinha que encontrei em um famoso mercado na região onde moro:


segunda-feira, 1 de abril de 2019

Fechamento – Março de 2019


Mês com bolsa tendo uma queda devido a instabilidade política do país. Dia sem polêmica no governo não é dia. Todo dia tem que ter algo.
De minha carteira, sigo sem aportar devido a uma série de gastos previstos.
No campo do Ibovespa, CCRO3, LAME4 e ECOR3 foram os destaques negativos, com respectivos -17,5%, -15,77% e -15,43% de queda. No campo positivo estão CSNA3 (de novo), JBSS3 e BRAP4 com respectivos 24,24%, 18,54% e 10,69%.

Vamos aos números:

terça-feira, 19 de março de 2019

Ibovespa chega nos 100k pontos. E agora?


Ontem o índice Bovespa chegou a marca de 100 mil pontos. Para quem investe há anos no mercado, esse patamar representa um forte símbolo. Depois de anos e anos com bolsa em queda e de lado, finalmente a bolsa mostra vigor.

Provavelmente, essa subida está ligada a expectativa do mercado em relação a possibilidade de mudanças econômicas que estão sendo tratadas. Além disso, nas bolsas mundiais, os índices já haviam batido o teto histórico há algum tempo, sendo que o Brasil demorou para reagir.

Diante desse marco dos 100 mil pontos, o que muda para o pequeno investidor?

sábado, 9 de março de 2019

Você já declarou seu Imposto de Renda para o Leãozinho neste ano?

Começou a temporada de declaração de Imposto de Renda. Lembre-se que Paulo Guedes e sua equipe econômica querem saber tudo sobre seu patrimônio e seus rendimentos. 

Se você possui investimentos, sabe a importância de declará-los. Ao fazer isso ano-a-ano, você mostra para o Leão que seu patrimônio está crescendo paulatinamente e dentro dos limites de seus rendimentos. Com isso, o leãozinho ficará satisfeito apenas com as mordidas frequentes que ele já faz nos nossos amados investimentos.

sexta-feira, 1 de março de 2019

Fechamento – Fevereiro de 2019


Mês estável na bolsa, sem grandes acontecimentos. Empresas divulgando seus balanços. Mercado à espera dos desdobramentos da Reforma da Previdência ao mesmo tempo que assistimos as pataquadas da política nacional. Cada dia é uma surpresa diferente.
De minha carteira, sigo sem aportar devido a uma série de gastos previstos.
No campo do Ibovespa, VVAR3, HYPE3 e BRFS3 foram os destaques negativos, com respectivos -23,67%, -15,54% e -12,62% de queda. No campo positivo estão CSNA3, GOLL4 e SMLS3 com respectivos 28,24%, 7,85% e 7,38%.

Vamos aos números:

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Fechamento – Janeiro de 2019


Tivemos um mês com grande tristeza por causa do crime que aconteceu com a cidade de Brumadinho/MG. Espero que desastres como esse nunca mais se repitam. Além desse fato, vimos neste mês que a bancada do PSL, apesar de ser a 2ª maior (e quem sabe será a primeira com o tempo), é muito fraca e desconexa, com atores que possuem interesses corporativistas. A viagem à China escancara isso, parecendo que a oposição está mais presente dentro do partido do que fora deste.

O mercado está em euforia rumo aos 100k pontos na bolsa de valores.

No campo do Ibovespa, EMBR3, VALE3 e BRAP4 foram os destaques negativos, com respectivos -10,79%, -10,78% e -9,39% de queda. No campo positivo estão ELET3, ELET6 e SBSP3 com respectivos 54,35%, 44,48% e 37,68%.



Vamos aos números:

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Previsão de divulgação das demonstrações - 4T18


Segue abaixo tabela com previsão de divulgação das demonstrações de 4T18. Para fins de organização, a tabela apresenta as informações em ordem cronológica e em ordem alfabética das empresas.
Lembrando que as datas abaixo são as previsões que as próprias empresas enviam para a Bovespa, estando sujeitas a alterações de última hora.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Retrospectiva 2018


Mais uma postagem para fazer um registro do que aconteceu no ano de 2018.

No ano de 2018:
-Meu patrimônio subiu de R$292.479,37 para R$295.847,84, um aumento de R$3.368,47 ou de apenas 1,1%. O aumento foi pouco devido à queda drástica das criptomoedas, o que foi compensado pela valorização dos demais investimentos.
-Aportei R$28.618,92, o equivalente a R$2.384,91 por mês, um aumento de 6,3% em relação ao ano passado.
-O patrimônio rendeu 3,52% no ano, ou 0,28% ao mês.
-Fechei a carteira com 6 ações, uma a mais que no ano passado. Foi adicionada MPLU3 durante o ano.
-Recebi R$5.981,83 em proventos, representando R$498,48 ao mês, uma diminuição de -19,3% em relação ao ano passado.

sábado, 29 de dezembro de 2018

Fechamento – Dezembro de 2018


Fim de ano chegou e podemos dizer que, no geral, foi um ano positivo. As eleições trouxeram um fio de esperança para o cidadão comum brasileiro, aquele ávido por mudanças. A inflação, aquela que adora corroer o rendimento do investidor, está baixa. A economia está mostrando sinais de que quer voltar a crescer. As perspectivas econômicas de desburocratização e simplificação são animadoras. Só falta o controle dos gastos públicos, altíssimos. Uma firme reforma da previdência é crucial para o Brasil tornar-se um país sério em rota da prosperidade. Aliás, a reforma da previdência é a reforma das reformas. Qualquer outra reforma política, econômica ou social pouco valerá caso a reforma da previdência não passe.
No campo da minha carteira, o mês foi positivo. Tive valorização em todas as ações, FII e títulos, sem exceção.
No campo do Ibovespa, KROT3, CCRO3 e BRKM5 foram os destaques negativos, com respectivos -15,52%, -13,78% e -12,55% de queda. No campo positivo estão MRVE3, GOLL4 e CYRE3 com respectivos 25,18%, 16,2% e 13,0%.

Vamos aos números: 

domingo, 2 de dezembro de 2018

Fechamento – Novembro de 2018

Mês sem grandes surpresas, de diferente apenas as definições dos ministros do governo. O mercado está eufórico, com a bolsa batendo 90 mil pontos e com muita gente otimista para o ano que vem.

No campo do Ibovespa, CIEL3, USIM5 e KLBN11 foram os destaques negativos, com respectivos -27,88%, -9,05% e -8,72% de queda. No campo positivo estão SMSL3, CPLE6 e NATU3 com respectivos 25,53%, 23,9% e 18,66%.

Vamos aos números:

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Destrinchando a margem líquida. Tipos de empresas e considerações importantes


Aviso: esta postagem é grande, com cerca de 2600 palavras. Leia-a com calma quando tiver um tempinho sobrando (25 minutos).
Na minha metodologia de escolha das empresas que comporão meu portfólio de ações, considero a avaliação da margem líquida um dos seus pilares fundamentais. Na minha opinião, esta variável é um forte indicador da vantagem competitiva perante seus pares, bem como mostra o grau de sobrevivência que a empresa poderá ter em mercados recessivos. Este indicador é um dos que me fornece boas suposições de que a empresa poderá se tornar lucrativa no longo prazo. Baseado nisto, esta postagem tem por objetivo compartilhar com vocês os 4 tipos existentes de empresas de acordo com sua margem líquida, bem como algumas considerações extras.
Antes de adentrarmos nestes grupos, é importante esclarecer o que é margem líquida.

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Fechamento – Outubro de 2018


Neste mês tivemos a definição da pessoa que governará o Brasil pelos próximos quatro anos. O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, será o próximo presidente do Brasil. Ele enfrentará muitos problemas crônicos do país, muitos deles referentes à economia, à corrupção e à violência. O mercado gostou do resultado, fazendo o índice Ibovespa disparar no mês.
No campo do Ibovespa, SUZB3, SMLS3 e RADL3 foram os destaques negativos, com respectivos -21,28%, -18,52% e -13,27% de queda. No campo positivo estão GOLL4, CMIG3 (privatização no médio prazo?) e ELET3 com respectivos 66,52%, 54,05% e 51,52%.

Vamos aos números: