terça-feira, 3 de março de 2015

Não deixe sua declaração de IR para a última hora

Eae cambada, vamos preparar nossa declaração? Eu já fiz a minha, e você?

A data limite é até 30 de abril, mas sei que você não deixará para a última hora, não é verdade? Prepare o quanto antes.

A seguir o link da Receita Federal, que permite baixar o programa da declaração de imposto de renda 2015:

http://www.receita.fazenda.gov.br/PessoaFisica/IRPF/2015/declaracao/download-programas.htm

No ano passado preparei um guia para a declaração de imposto de renda, especificamente no preenchimento dos investimentos mais comuns dos leitores do blog. Na época ele foi muito acessado e por isso possui também diversos comentários. Vale a pena dar uma olhada:

http://alemdapoupanca.blogspot.com.br/2014/03/guia-de-declaracao-de-imposto-de-renda.html

Qualquer dúvida, sugestão, troca de ideias ou curiosidade acerca da declaração de IR, deixe nos comentários.

Mãos a obra!

21 comentários:

  1. Olá ADP. Obrigado pelo post criado, ano passado me ajudou e me ajudará novamente.
    Tenho CMIG3 desde 2013, e declarei elas. Em 2013, houve uma bonificação que declarei como a compensar que caiu na conta da corretora apenas em 2014. Este ano declaramos essa bonificação como concretizada, certo?

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá JazzBass,
      Sim. A bonificação, de acordo com o comunicado, foi compensada em 2014, então deve-se declará-la. Entretanto, a empresa comunicou também que, conforme seu entendimento, o valor nominal das ações bonificadas foi zero, o que acho um absurdo, mas tudo bem.

      http://www.bmfbovespa.com.br/empresas/consbov/ArquivoComCabecalho.asp?motivo=&protocolo=408776&funcao=visualizar&site=B

      Como o programa da Receita não aceita bonificação de valor zero, eu considerei um centavo para cada ação. Se você achar uma maneira mais adequada de declarar isso, sinta-se a vontade para comentar.

      Abraços

      Excluir
    2. Caberia questionarmos ao RI?

      Excluir
    3. Eu já preferi seguir o entendimento da RFB e declarar o valor nominal da bonificação: R$5,00/ação.

      Cada cabeça uma sentença. rs

      Abraço!

      Excluir
    4. anon, na época questionei o RI e a Receita, e não obtive resposta.
      LdL, eu preferi fazer o que a Cemig entendeu. Não quis investigar pois o valor total em minha careira é bem baixo.
      Abraços

      Excluir
  2. Olá ADP,

    Pretendo entregar a minha essa semana. Nessas horas é bom ser adepto do B&H, rs.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entreguei hoje de manhã. Era para ser entregue ontem mas os servidores da Receita estavam com problemas.
      Sim, o B&H facilita muito no preenchimento.
      Abraços

      Excluir
  3. Entrego a minha no último dia, sempre, já que tenho restituição a receber. Eles corrigem pela SELIC total do período, o que é um ótimo negócio (não há IR). Quanto mais tempo ficar com a Receita, melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ideia também é boa. Não pratico pois quero ter o dinheiro na mão rápido e porque não gosto de deixar para depois.
      Abraços

      Excluir
    2. Também faço isto AdP. Não entro nesta de deixar para receber por último pois é ilusão.
      Quanto mais cedo você receber, melhor, a grana já tá na sua mão e a miséria que você ganharia recebendo no último lote, não se compara a uma aplicação que vai dar o mesmo % em dias ou semanas.

      Excluir
    3. Opa, Poney, bom saber que para você é fácil assim bater 100% da SELIC... mas nem todos somos gênios do mercado.

      Excluir
    4. Tb tenho restituição a receber e com a escalada da Selic, transmito no ultimo dia. Tem a possibilidade de transmitir logo e depois corrigir no último dia, ficando assim no fim da fila novamente, recebendo corrigido dia 15 de dezembro.

      Excluir
  4. Além da poupança e não recebi nada ainda pelo correio sobre minhas ações e fundos imobiliários, vc já ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em algumas corretoras é possível obter um extrato referente ao ano passado, com detalhes. Mas como eu anoto tudo, consigo fazer sem estes extratos.
      Abraços

      Excluir
  5. BBAS3 e o mistério dos R$ 0,155 de março de 2015 10:27

    Algum acionista do Banco do Brasil por aqui?

    No dia 24/02/2014 recebi a quantia de R$ 0,15 referente a "Rendimentos 100 BBAS3", no mesmo dia dos dividendos (13,02)

    Os R$ 0,15 não é proveniente de dividendo, pois cobrou IRPF (0,04). Nem é JCP, pois viria discriminado no estrato da Corretora.

    Aonde declaro esses R$ 0,15?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja:
      http://alemdapoupanca.blogspot.com/2014/03/guia-de-declaracao-de-imposto-de-renda.html?showComment=1394204650664#c4792150288079826219

      Excluir
    2. BBAS3 e o mistério dos R$ 0,156 de março de 2015 10:06

      Muito obrigado pelo retorno.

      Exatamente o mesmo caso que o meu, e a mesma dúvida entre "Rendimentos de Aplicações Financeiras" e "Outros". Acho que vou de "Outros", tendo em vista a possibilidade de descrever de que se trata o Rendimento.

      Excluir
  6. AdP, tenho uma dúvida quanto ao preço médio das ações. Se eu tenho um mesmo tipo de ação (ex: CIEL3) em mais de uma corretora, vale o preço médio de todas as compras, ou devo registrar separadamente por corretora na declaração do IR, e, consequentemente, com alteração do preço médio? Quanto aos títulos do tesouro direto, qual é o raciocínio do caso de mais de uma corretora? Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, desculpe o atraso. Somente agora que vi sua mensagem.
      O preço médio é do investidor, então tanto faz a quantidade de corretoras. O preço médio é apenas um.
      Quanto ao TD, você pode declará-los todos de uma vez, independente de quantas corretoras for, conforme a postagem que criei:
      http://alemdapoupanca.blogspot.com.br/2014/03/guia-de-declaracao-de-imposto-de-renda.html

      Abraços

      Excluir
  7. Boa noite! Uma dúvida sobre declaração do Imposto de Renda!
    Nos anos anteriores não declarei uma conta poupança nem uma conta corrente. Neste ano quero começar a declarar. Se assim o fizer, nesta declaração de 2015, o total em "Bens e direitos" em 31/12/2013 ficará maior que o da declaração do ano anterior. Se eu fizer uma declaração simplificada e deixar dessa forma sem retificar os anos anteriores, que estarei sujeito?
    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Janio,
      Eu não tenho certeza sobre as implicações disso, mas acho que o fato de ser ou não simplificado não faz diferença. Minha recomendação é que você retifique as declarações anteriores.
      Caso o valor da poupança e da CC for muito baixo, talvez é o caso você declará-los como se tivesse aplicado em 2014. Mas aí você teria que rezar para que a Receita não detecte e que não peça explicações para você.
      Abraços

      Excluir

Anônimos, contribuem e deixem um nome para que seja possível outras pessoas fazerem referências, estabelecendo melhor a troca de ideias. Educação é sempre bem vista.
Mensagens de trolls serão moderadas.