sábado, 9 de janeiro de 2016

Fechamento do ano – 2015



2015 foi um ano de fortes emoções, marcado pela evidente instabilidade política e econômica. Alguns empresários e políticos de grosso calibre foram presos devido a investigações da Justiça e da Polícia Federal, mas sabe-se que os verdadeiros mandantes ainda não foram presos. O ano também foi marcado pela desgovernabilidade da presidanta, que atualmente utiliza seu poder para se manter no cargo a qualquer custo. 
No campo da bolsa de valores, inflação, recessão, fraqueza da moeda, instabilidade política e bolha na China resultaram em forte queda.

Deixando a situação nacional de lado, nesta postagem resumirei o que aconteceu a minha carteira no ano de 2015.


Principais mudanças da carteira – 2014 vs 2015


De minha carteira de ações, as mudanças ocorridas durante o ano foram a exclusão de ações da CCRO3 (CCR Rodovias), da CMIG3 (Cemig), e da Tractebel (Tractebel).

A exclusão das empresas foi devido a necessidade de enxugar minha carteira de ações com o objetivo de buscar uma menor diversificação. Assim, retirei duas das três empresas do ramo de energia elétrica e retirei a CCR devido sua baixa representatividade na carteira e seus resultados operacionais abaixo de minha expectativa em relação ao preço que se paga pela empresa.

Restaram, então, oito empresas distribuídas em sete setores, conforme gráfico abaixo:



Sobre os Fundos Imobiliários, permaneci com os mesmos fundos de 2014: FAED11, BCFF11B, BRCR11, HGLG11 e HGRE11.


Proventos recebidos

Abaixo estão tabelas que mostram a comparação da quantidade de proventos que recebi durante 2014 e 2015:





Em 2015 recebi menos proventos de ações que 2014 devido a exclusão de empresas que tradicionalmente são grandes pagadoras de dividendos: CMIG4 e ETER3 em 2014 e CCRO3, CMIG3 e TBLE3 em 2015.


Em compensação, o recebimento dos aluguéis dos FII compensaram a deficiência das ações.


Anualmente o aluguel de ações sempre representou um valor muito baixo, mas suficiente para o pagamento de alguns custos de corretagem.

Custos de corretagem

Já que citamos os custos de corretagem, estes foram de R$159,90 em ações e R$11,46 em FII.


Patrimônio e aportes

Abaixo a evolução do patrimônio no ano de 2015:


Em 2015, a carteira fechou com R$115.277,60.



No ano aportei um total de R$16.849,07, uma média de R$1.404,09 por mês. Na realidade tenho poder para aportar um pouquinho mais do que isso, entretanto fiquei uns 6 meses juntando dinheiro para comprar um carro. Acabei comprando um Palio 2002 por R$6.500 a vista. Além disso, aos poucos estou recompondo meu colchão de segurança, o que também diminui meus aportes.


Rentabilidade



No ano a carteira apresentou uma rentabilidade de -13,10%.


Acertos do ano

A venda das ações deste ano e no ano passado (CCRO3, CMIG3, CMIG4, ETER3, TBLE3) acabaram mostrando-se acertos, pelo menos neste médio prazo, haja vista que todas mostraram perda de lucratividade ou estão com problemas judiciais perigosos.

Outro acerto foi a reabertura do investimento no Tesouro Direto, o que ajudou a amenizar a rentabilidade negativa da carteira. Se eu estivesse aportado tudo em ações, minha rentabilidade estaria ainda pior.


Erros do ano

Não ter realizado mais vendas no ano foi, sem dúvidas, o maior erro do ano. As empresas que haveria chances de eu ter liquidado eram o BBAS3 (que liquidei em partes em 2015) e EZTC3, que apesar de estar sofrendo menos que as outras em questões operacionais, não precisa ser nenhum especialista para saber que o setor está mal das pernas. Entretanto, meu lado passivo de investimento falou mais alto.

Outro erro foi iniciar o ano 100% em renda variável. Aprendi na pele que não é uma atitude prudente. Isso é um assunto para outra postagem. Em breve farei uma postagem reunindo o que aprendi nesta minha curta carreira de investidor.


Vida pessoal

É nestas postagens de fechamento de ano que conto para vocês um pouco de minha vida pessoal.

Minha vida está tranquila. Terminei minha faculdade (área de TI), meu casamento está indo bem e meu filho está crescendo com saúde.

Sobre estudos, estou estudando para concurso público (infelizmente é nesta área que fui incentivado a seguir e é nisso que sou bom), mas estou com uma ideia de empreender em minha área de formação.

E sobre empreendimento, neste ano fiz um teste comprando uma grande quantidade de enfeites da China, pagando bem barato. Revendi tudo no Mercado Livre com um lucro líquido de cerca de 30%. Infelizmente os riscos envolvidos são altos e agora com a subida do dólar, está impraticável realizar a operação novamente. Mas para um cara cru na área, a experiência foi interessante.

Atualmente moro de aluguel e chega uma hora que isso enche o saco. Moro em um apartamento com aluguel de 880 reais. O apartamento é bom, muito espaçoso, bem localizado, e considero que o preço que pago é bom. Entretanto, ainda pago um condomínio de 300 que não possui absolutamente nada. Não tem piscina, salão de festas, churrasqueira, porteiro, nada. Mesmo assim, esse pagamento de 1100 reais está me incomodando e estou pensando seriamente em imobilizar meu patrimônio em 2016. Caso faça, mesmo que eu quase zere minha carteira, poderei aportar mais.

E seu 2015, como foi? Deixe nos comentários.

48 comentários:

  1. Se pretendes comprar um imovel o setor começar a ficar interessante dado a baixa demanda. O problema é liquidar toda a carteira agora no fundo do poço.

    Não sabia que tinha filho, parabéns! Agora na verdade vc tem dois filhos contando com o Palio, rs.

    Sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Uó, o mineirinho das Minas,
      Sobre o filho, são 5 anos de blog. Coisas acontecem, rs.
      Abraços

      Excluir
  2. Fala, AdP!

    Parabéns pelo término da faculdade! Espero que lhe ajude em novas oportunidades!

    Abraços e bom 2016 pra ti!

    ResponderExcluir
  3. AdP

    Que tenhas um ótimo 2016.

    Liquidastes CCR e Cemig mas permaneces com PRBC.

    Tenho as três e o PRBC é o maior de meus arrependimentos neste grupo dos três.

    Que pensas de nosso PRBC?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha opinião, PRBC é agora uma ação de valor. Não espero crescimento dela. Se ela voltar para uns 12 penso em sair, ou antes caso minha intenção de imobilizar realmente se concretize.
      Abraços

      Excluir
  4. Particularmente acho que girou meio demasiado a carteira, e também não vejo porque diminuir a diversificação.

    Prefiro relativizar um pouco essa "crise", afinal tem muita empresa crescendo e aumentando lucro, que é o que mais importa pra ser sócio de longo prazo.

    Se tem pretensão de casa própria, aportaria RF ao invés de liquidar RV. Estima o aporte, o tempo previsto e quanto tempo estaria disposto a esperar montante total ou entrada grande, antes de queimar da RV.
    Também me incomoda estas taxas de condomínio que mais parecem rasgar dinheiro, mas veja suas opções, se cogitam morar em casa na rua, pode ser uma saída, ou casa em condomínio que se for grande a taxa costuma ser menor. Enquanto estão de aluguel, têm mais opções.

    Felizmente, seu curso tem bastante concurso. Empreender em TI é fácil tanto de começar quanto de dar errado, mas isso daí cada um terá sua vontade e opinião...

    Sendo da mesma área de formação, mas não sabendo onde mora, posso dizer que talvez consiga melhorar sua renda ativa ampliando sua capacitação pra empresa privada. Não demora muitos anos desde que seja dedicado (sei que é) e more numa região propícia pra área de atuação (pode compensar mudar de cidade, aliás). Mas se está determinado a concurso, vá em frente. Como é casado, minha recomendação é que um dos dois seja concursado, poderia ser os 2 mas um está de bom tamanho, pra atrelarem estabilidade com renda de empresa privada.

    Parabéns pela conclusão do curso, e feliz ano novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Icaro,
      Sobre o giro, só vendi algumas ações, como descrevi na postagem. Alias, se eu não tivesse feito qualquer mudança, seria muito pior.
      Sobre o condomínio, particularmente não vejo com maus olhos. Não vejo problema em pagar, desde que tenha algum retorno. Pagar 300 por um que tem nada é difícil de engolir. O problema é que estou morando em um prédio com poucos apartamentos, então é menos gente para contribuir.
      Abraços e sucesso.

      Excluir
  5. ADP, se me permite uma observação, sua renda me parece estar muito abaixo do potencial que demonstra aqui na blogosfera.
    Não o conheço pessoalmente, mas acompanhando-o ao longo dos anos percebo facilmente que é uma pessoa inteligente, estudiosa, esforçada, ética e colaborativa.
    É o funcionário dos sonhos de qualquer empreendedor.
    Tenho certeza de que, se procurar, conseguirá algo melhor remunerado.
    Boa sorte e sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anon,
      Se fizesse uma pesquisa socioeconômica na blogosfera, com certeza eu estaria próximo da base. Aqui tem muito fera.
      Mas é aquela questão. Cada um planta o que colhe. Os caras que ganham mais se esforçaram mais. Nada mais do que justo.
      Abraços e sucesso

      Excluir
  6. Grande, ADP, você e um blogueiro honesto e parece ser uma pessoa integra.
    Certa vez, fiquei preocupado, pois fiz um comentário, acerca de dois anos atrás, de que o momento era mais favorável ao investimento em RF, não me lembro se falei do dólar, e você respondeu, em resumo, que não levava em conta aspectos macroeconômicos e que nada poderia superar a RV. Naquela resposta previ que você não teria sucesso no CP. Mas você é inteligente e aprende rápido por isso seu sucesso e certo. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sandman,
      Sobre os aspectos macroecômicos costumo dizer sim que não levo em consideração. Na minha opinião, normalmente é trade de Jornal Nacional haja vista que quando a notícia chega até nós, já foi mais do que absorvida pelo mercado. Além disso, o fato de alguém ter por algum acaso acertado o trade de jornal nacional não quer dizer que ele é um futurologista. Sobre nada superar a RV não estou lembrado. Posso ter falado que as ações tendem a se valorizar mais devido ao seu risco no longo prazo, agora dizer que é insuperável não é de meu costume. Se eu disse isso, peço desculpas.
      Se você tem facilidade em fazer previsões de curto prazo, você vai se dar bem. É exatamente o que todo mundo quer: ganhar um bom dinheiro no curto espaço de tempo.
      Abraços

      Excluir
  7. Desejo um excelente 2016 para vc e sua família. Comento pouco por aqui, até pq estou ainda aprendendo sobre o tema, mas sempre leio as postagens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Janaina,
      Sempre estamos aprendendo, rs. Excelente 2016 para você também.
      Abraços

      Excluir
  8. Grande ADP.

    Primeiramente parabéns pelo filhote. Me tornei papai em 2015 e minha filha também está crescendo e com saúde.

    Realmente 2015 foi um ano péssimo para RV. Comecei a investir em 2012 e infelzimente, devido a falta de conhecimento na época acabei comprando alguns papéis sem analisar o preço e perspectivas futuras. Minha carteira está amargando grandes perdas também.

    O fato é que ótimas oportunidades estão surgindo nesse ano, e ao meu ver, é nessas horas que o investidor de verdade vai contra a manada e garante bons lucros. Mas confesso que não é fácil ter a coragem necessária pra isso.

    Como você vê esse ano de 2016 para seus investimentos? Vai aportar mais forte em RV devido as pechichas que estão surgindo ouc ontinuará equilibrando com RF?

    Grande abraço e boa sorte com seus projetos.

    Abraços.
    Gallo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gallo,
      2015 foi o meu primeiro ano negativo na bolsa, kkkkkk. Confesso que essa sensação não é nada boa, mas faz parte.
      Sobre 2016, ainda é uma incógnita. Ainda estou propenso em seguir um dos ensinamentos de Peter Lynch e comprar um imóvel, então por ora vou aportando na renda fixa. Não fique surpreso se em uma de minhas atualizações eu postar a venda massiva de ações. Caso contrário, estaria aportando na RV.
      Abraços e sucesso.

      Excluir
  9. Fala AdP,

    2015 pode não ter sido o melhor para os investimentos, mas o que importa de verdade é a sua vida, saúde e família.
    Que 2016 traga bons ventos para todos nós (em especial para nós, nerds de TI e aspirantes a bons investidores! rs)
    Grande abraço,
    Jonas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jonas,
      Vida, saúde e família em primeiro lugar, mas um pouco de grana também não faz mal, kkkkkk.
      Abraço e feliz 2016.

      Excluir
  10. AdP, como você faz para alugar as ações? Já liberei as minhas porém a corretora diz que não tem interessados. Minhas ações são: ALUP11 BBDC3 ITSA3 TAEE11 GRND3 e ABEV3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu costumo colocar uma taxa próxima a taxa mínima desse link:
      http://www.bmfbovespa.com.br/BancoTitulosBTC/EmprestimoRegistrado.aspx?idioma=pt-br&periodo=1
      Abraços

      Excluir
  11. Imóvel não é patrimônio. Continue com o investimento. Seu aluguel é barato e é melhor ter o seu dinheiro trabalhando para você.
    Tem vários estudo que mostram que é melhor alugar que comprar.

    Mas, você sempre pode recomeçar do zero.

    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dos vários estudos, pode me passar a referencia de dois?

      Excluir
    2. Sim isso mesmo...

      Crie uma renda passiva que pelo menos cubra o custo do aluguel, quando atingir isso, você começa aportar para comprar um imóvel, não iria vender RV para comprar Imóvel..

      Excluir
    3. Olá pessoal,
      Estou ciente de que um imóvel para morar é um passivo, assim como o aluguel que pago mensalmente.
      Sim, tem estudos que dizem que é melhor alugar que comprar. Por exemplo, pago 1200 reais de aluguel + condomínio mensal. Uns 150k de FII são suficientes para gerar este aluguel para mim. Sendo que se eu fosse comprar este apartamento, teria que desembolsar uns 300k. Então entre comprar 150k de FII e pagar o aluguel com os proventos ou comprar o imóvel por 300k, a primeira opção é mais vantajosa.
      Entretanto, além da matemática há também a questão psicológica que não entra na conta. Ter um imóvel no seu nome e não precisar pagar todo mês o boleto como nome de outra pessoa é psicologicamente mais reconfortante, mesmo que o boleto seja da maldita Caixa Econômica. Quando comecei a morar de aluguel, há uns 5 anos atrás, também pensava assim. Hoje já não quero mais ficar pagando aluguel, mesmo sabendo que é uma operação mais cara.
      Abraços e sucesso.

      Excluir
    4. Também gostaria de ver tais estudos.

      Excluir
    5. amigo, me desculpe, mas parei no "imovel nao é patrimonio"

      Excluir
    6. Acredito que a expressão melhor seria dizer que dependendo do valor do imóvel e do aluguel, matematicamente pode valer mais a pena o aluguel. Mas estudos dizendo que o aluguel é sempre mais vantajoso que a compra do imóvel não existe.
      Abraços

      Excluir
  12. Respostas
    1. Os canhões retumbam com força enquanto os violinos estão virando peça de decoração.

      Excluir
  13. Grande ADP. Gosto muito de sua transparência.
    Com certeza, ter ficado 100% em RV foi algo errado, mas o aprendizado foi muito bom.

    Quanto a minha carteira, fiz uma mudança de correto, do BB para XP.
    Comecei a atuar no dólar futuro. Fui muito bem, lucrando 8 mil em 1 mês operando, mas não existe apenas coisas boas e num dia, fui para uma reunião e fiquei comprado no dólar. Estava lucrando 4 mil, porém o BC soltou a notícia que interveria (começo de setembro) e perdi 16 mil nesse dia. Também, no começo do ano tive grandes perdas em ESTC3 e KROT3 (uns 7 mil).
    Com isso, ofuscou meu ganho em Bematech, de 19 mil + 5 mil em dividendos.
    O dinheiro da Bematech coloquei em aplicações de RF.
    Em 31/12/2015, minha carteira era:
    CMIG3 - 7,07
    CMIG4 - 6,40 (Termo)
    BRKM3 - 9,85
    BRKM5 - 23,75(Termo)
    ITSA4 - 7,33

    Liquidei BRKM por achar que com essa sangria a ação deve cair e não quis arriscar meu lucro.
    Terminei com um patrimônio de 86 mil, bem menos do que 31/12/2014, que era por volta de 120 mil.
    Vale mencionar que planejei minha viagem para o exterior. Acabei tirando um pouco da RV para pagar.

    Que 2016 seja melhor e come decisões mais acertadas.

    Abraços meu caro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paitax,
      Suas operações são bem dinâmicas, rs.
      Pois é, vivendo e aprendendo. Espero que 2016 seja um ano em geral, positivo, apesar de não haver nenhum sinal de que será.
      Abraços

      Excluir
    2. ADP, isso me ajudou muito a entender melhor como distribuir o capital.
      Diversificação de setores, como faz, é a primeira coisa. Segunda, operando dólar, no cheio (5 contratos com valor por volta de 1 milhão de dólares, se não me engano), não é algo que eu faço mais, apenas no mini e ainda assim raramente.
      Aprendi de uma forma dolorosa, mas ainda assim acho que valeu a pena e me tornei melhor investidor.
      Abraços

      Excluir
  14. Respostas
    1. http://alemdapoupanca.blogspot.com.br/2013/07/o-que-e-contrato-termo.html

      Excluir
  15. ADP, comecei a ler seu blog no fim do mês passado, li TODAS as postagens e cheguei ao fim agora. Realmente, aprendi muito com toda a leitura e tenho que agradecer pelo conhecimento passado! Ainda não invisto em ações porque não terminei de formar minha reserva de emergências e ainda não tenho conhecimento pra isso, mas vc me inspirou mais ainda em entrar na RV. Continue com o blog! E vc só mencionou o fato de ter tido um filho agora, se não me engano! rs. E fiquei contente por vc ter voltado a colocar o valor de sua carteira. Abraços e bons investimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leonardo, seja bem vindo ao blog.
      Sim, só agora mencionei meu filho.
      Sempre que quiser, sinta-se a vontade para participar do blog.
      Abraços

      Excluir
  16. Acompanho seu blog já há muito tempo. Apesar de já um pouco rodado (farei 48 em março), tenho aprendido bastante. Aliás, não só com o seu blog mas com o de todos que estão nesta "blogesfera". Estou retornando a investir em RV após amargar um prejuízo devidamente contabilizado em meu IR que espero recuperar. não sei se conseguirei, mas estou tentando. Com relação a sua decisão em imobilizar, farei uma sugestão. Como não há pressa na compra do imóvel, o leilão é uma ótima opção, principalmente os judiciais. Claro, pra mim se torna um pouco mais fácil investir nisto posto que, como advogado, conheço como fazê-lo, e bem, pois tenho tido êxito em mais de 90% dos investimentos nesse nicho de mercado. Por isto sugiro que verifique na sua região os leilões judiciais. E claro, não dispense a ajuda de um advogado e que tenha conhecimento do ramo. Você irá se surpreender com as oportunidade, tenho certeza. Espero ter contribuido com você e retribuido um pouco do que tenho aprendido nos diversos blogs, e nesse, claro. Um forte abraço. Alvaro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anon,
      Eu já dei uma olhada nos leilões e aprendi em um livro que a pessoa precisa sim ter um conhecimento jurídico, pois o cara que entra nisso sem este conhecimento está se arriscando muito mais. Por isso seria necessária a contratação de um advogado. Posso pensar no assunto.
      Abraços e sucesso.

      Excluir
  17. Adp, tu paga um aluguel de 880,00 . Esse apto que tu mora deve valer uns 250 mil mais ou menos. Tipo , 250 mil em RF hoje vai te dar liquido uns 3.000,00 mil por mes. Tu paga o aluguel e reinveste o restante. Aluguel hoje eh otimo negocio pagar. Abs . ROBERTO

    ResponderExcluir
  18. Ja acompanho seu blog há algum tempo e gostaria de participar do ranking também.
    Estou começando agora, mas acredito que participando do ranking vou me sentir mais motivado.

    Como faço para participar???
    Pode me ajudar?

    http://investidorendividado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IE,
      Que ranking? Não faço nenhum ranking por aqui. Cuidado com o control c control v, rs.
      Abraços e sucesso

      Excluir
  19. Boa noite, não foi ctrl+c e Crtl+v não.
    Eu que não expliquei direito.
    Eu tava falando do ranking do pobretão.

    Mas observando melhor agora, percebi que o seu blog já não faz parte do ranking mesmo não.

    É que como eu acompanho o blog de vocês dois faz tempo e vocês dois fazem fechamento do mês, eu achei que você também fazia parte do ranking dele.

    Desculpa!!!

    ResponderExcluir
  20. Olha, não assisto JN. O que faço e ler bastante. Em 2013 optei por aportar mais em RF e dólar. Fiquei com mais de 60% na RF e 5% em dólar o restante estava em FII e ações. Ano passado zerei minha posição em dólar. Agora, estou direcionando meus aportes para as ações. Ontem mesmo efetuei mais de 30K em compras. Esse ano resolvi assumir risco. Se vai dar certo so o tempo dirá.

    ResponderExcluir
  21. Além da poupança antes de mais nada desejo a você todo o sucesso em 2016. Apesar de deixar poucos comentários ( correria ) acompanho seu blog a muito tempo. Vi seu plano de adquirir um imóvel e por experiencia própria lhe digo que isto e muito importante. Em uma passagem do livro do Décio B. Ele recomenda um jovem investidor a primeiro adquirir seu imóvel para depois iniciar sua carteira. Já leu este livro, sei que não muito sua linha por preferir ações de crescimento mas para mim foi um divisor de águas a alguns anos atrás. Outro livro muito bom que cita este assunto e o Homem mais rico da Babilónia. Minha opinião o imóvel lhe da um lastro tanto económico como psicológico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que o Décio falou, não tinha em conta, o crescimento através do credito do setor imobiliário, se o ADP paga 880 de aluguel, o preço "justo" do imóvel seria 88K, mas claro que o proprietário não venderia por esse preço, quem comprou antes de 2008 e conseguiu vender até ano passado, teve lucro enorme, dificilmente vai ter agora ( SE comprado depois de 2007), mas o caso do ADP não é tanto pra "lucrar". ADP no seu lugar, esperava mais um pouco, a situação do setor imobiliário só tende a piorar, 50% do preço antigo, vai virar padrão, comece a colocar no radar oportunidades, deixe amadurecer. Lembre-se que quem quer vender, PRECISA vender, ninguém vende nada por ócio, pra passar o tempo, preencher o dia.....

      Excluir

Anônimos, contribuem e deixem um nome para que seja possível outras pessoas fazerem referências, estabelecendo melhor a troca de ideias. Educação é sempre bem vista.
Mensagens de trolls serão moderadas.