segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Dúvidas quanto à utilização da Tabela de Sistema de Cotas

Com pouco tempo de divulgação da tabela de cálculo de rendimentos, já recebi algumas dúvidas a respeito de sua utilização. Por isso, inauguro um post de dúvidas que possam surgir.
Irei agrupar uma a uma as perguntas que me mandaram através de e-mail e que surgiram em alguns fóruns onde comentei sobre a planilha. As novas perguntas que forem surgindo através de e-mail ou mesmo neste post serão adicionadas aqui.
Então vamos às perguntas:

1 - Sempre faço aportes mensais na minha conta na corretora. O saldo final da minha carteira de ações + o saldo em conta corrente seria o saldo da carteira, correto?
Pense em sua carteira como uma holding. O que sua holding vale é a participação que ela tem em empresas mais o que ela possui em caixa. Logo, você deverá contabilizar também o que está na sua corretora.

2 - Os dividendos que recebo considero como aporte, correto?
Depende. Você pode considerar ou não os dividendos. Se quiser desconsiderar os dividendos recebidos (da mesma forma que estou fazendo), então os classifique como dinheiro novo. Se quiser considerá-los, então não os classifique como dinheiro novo. O correto seria não considerar os dividendos como aportes, mas é uma questão de escolha pessoal.
Seria legal também fazer duas planilhas, uma de cada forma, e depois comparar a diferença que os dividendos fazem na carteira de investimento.

3 - Este ano fiz algumas vendas para realizar alguns lucros que eu tinha. Passei uma parte para o Tesouro Direto e outra parte eu usei para desfrutar um pouco da grana que tinha juntado. Onde entraria uma coluna de retiradas e como isso afetaria o valor e quantidade de cotas?
As retiradas podem ser adicionadas colocando-se como valor negativo nos aportes. O sistema calcula automaticamente quantas cotas foram "vendidas" e recalcula a sua rentabilidade. Veja a imagem abaixo:

 
Neste exemplo, após a retirada o sistema calculou que foram vendidas 429,059 cotas. Veja que, comparando o valor da cota atual com o valor anterior, o investidor conseguiu um ganho de 0,43%, mesmo com a retirada.



4- Posso fazer uma sugestão? O final do ano está chegando e as pessoas vão querer calcular a rentabilidade integral de seus investimentos, sendo 2011 e 2012 juntos, e assim por diante. Há pessoas que gostariam de calcular até mesmo o rendimento por semana, e quem sabe por dia.

Teria como aprimorar a tabela de rentabilidade, integrando mais períodos, fazendo assim uma rentabilidade histórica?


Realmente a sua proposta é interessante. Vou procurar aprimorá-la adicionando uma tabela histórica e semanal. Acho que rentabilidade diária não é o caso, pois já foge da ideia de longo prazo que tanto recomendo no blog. Além disso, a minha ideia inicial foi fazer uma tabela simples. Se ela possuir muitas opções e coisas para preencher, pode complicar.

Assim que eu fizer alguma atualização farei um post divulgando-a.



5- Achei bastante interessante esse sistema! Porém, tenho uma dúvida: Se eu investir em 3 ou 4 empresas diferentes e cada mês alocar dinheiro de forma diferente. Pois sou um nano-investidor e vou alocando em fracionário nas empresas mais caras e às vezes algum lote pequeno.  Como poderia colocar isso na planilha?

P.ex:
Primeiro aporte: 10 ações ELPL e 5 ações VALE5

Segundo aporte: 3 VALE5

Terceiro: 10 ações ETER3


Esta tabela analisa toda sua carteira como se fosse um fundo de investimento ou uma holding.

Vamos supor que em sua carteira você tenha participações em elétricas, petrolíferas e siderúrgicas. Para o sistema, tanto faz o quanto você aportou em cada uma. Ele quer saber quanto você aportou na sua holding. Você coloca este valor na célula de aporte. Depois você calcula manualmente ou através de sua planilha pessoal o valor de sua holding (quantidade de ações vezes valor de cada ação). Quando você calcular o valor de mercado de sua holding, é só inserir este valor na planilha. Após isso será calculado automaticamente sua rentabilidade mensal e anual.
Ou seja, você apenas insere aporte e valor da carteira. O resto a tabela calcula sozinha.
Caso você queira saber separadamente a rentabilidade de cada ação, você terá que ter uma planilha desta para cada ação diferente. Analise se realmente há necessidade para isso.

6- Achei muito interessante sua planilha e gostaria de usar já que essa semana começo meus aportes, porém fiquei em dúvida em uma coisa: eu tenho pouca grana e não tenho como fazer compras das mesmas empresas da mesma forma. Talvez um mês compre mais ELPL4, outro VALE5. Como eu coloco isso na planilha? Qual número de cotas iniciais mais legal? Eu posso por de forma que a cota custe 1 real? 10? 
Para a primeira pergunta, é só verificar a resposta da pergunta 5. Respondendo à segunda pergunta, a quantidade de cotas vai de cada um. O usual, para simplificar a análise, é da forma como você disse: assumir como se cada cota valesse inicialmente 1 ou 10 reais. Então é só igualar a quantidade de cotas com o valor do aporte inicial para ter cada cota valendo 1 real.

Fiquem a vontade para mandar sua perguntas. 

3 comentários:

  1. Olá! Gostaria de entender apenas como iniciar o preenchimento da planilha. Se eu considerar,por exemplo, que fiz um investimento inicial de R$ 1.000 e R$ 0 de aporte em janeiro, quando for em fevereiro,digitando o valor do investimento 1.005, por exemplo, e R$ 10,00 de aporte, aparecerá nas colunas em verde erro de Valor. Acredito que seja por ter colocado o valor do aporte igual a zero, no mês de janeiro. Assim, o que fazer? Lembro que se eu inverter os valores em janeiro(investimento zero e aporte 1.000) acontece a mesma coisa. É erro do sistema ou deve se preencher obrigatoriamente Aporte e Investimento Inicial para que não aconteça erro de VAlor? Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coloque aporte de 1000 reais em janeiro e no final de janeiro coloque o quanto sua carteira vale. Seu valor aportado em fevereiro e o quanto a carteira vale no final de fevereiro. E assim sucessivamente.
      Tem muita informação nesta postagem:
      http://alemdapoupanca.blogspot.com.br/2012/04/planilha-de-acompanhamento-de.html
      Abraços

      Excluir
  2. Poderia explicar como fazer para incluir os dividendos? No caso de juros pagos semestralmente como os representrar Incluo retrospectivamente pro rata?
    Grato, Zen

    ResponderExcluir

Anônimos, contribuem e deixem um nome para que seja possível outras pessoas fazerem referências, estabelecendo melhor a troca de ideias. Educação é sempre bem vista.
Mensagens de trolls serão moderadas.