sábado, 10 de março de 2012

As maiores besteiras ditas sobre investimentos em ações – Parte 1


Ao iniciar no mundo dos investimentos, somos bombardeados por inúmeras afirmações que parecem verdades incontestáveis. Com o passar do tempo, ficamos mais experientes e constatamos que muitas destas afirmações são perigosas ou sem fundamento algum. À primeira vista elas parecem indiscutíveis. Mas quando pesquisadas a fundo, se revelam verdadeiras besteiras.
Essa postagem pretende destrinchar estas afirmações e mostrar que nem sempre o que parece óbvio é a melhor opção a ser seguida. Muitos leitores concordarão com algumas afirmações selecionadas, mas outras serão alvos de polêmica e descontentação. Veja abaixo as maiores besteiras ditas sobre o mercado de ações (parte 1):



"O ideal é esperar a situação atual se acalmar para investir em ações"

Esta afirmação é típica de quem quer ser mais esperto que o mercado. Ela poderá até ser lógica do ponto de vista leigo, mas está longe de ser verdade. Isto porque o mercado normalmente antecipa os momentos econômicos.
Faça você mesmo duas simulações. Primeiro procure a movimentação histórica de algum índice de ações (Ibovespa, Dow Jones, S&P500, etc). Após esta etapa, faça uma simulação com diversas compras sendo realizadas durante as turbulências. Já na segunda simulação, faça diversas compras quando a situação já estiver mais calma.
Você observará que antes de a situação “acalmar” o mercado terá valorizado há um bom tempo. Quem espera a situação “se acalmar” terá que pagar um preço mais alto na maioria das vezes.
Não pense que o mercado estará barato após ter passado a turbulência. Muitas das valorizações acontecem devido às expectativas dos investidores. No menor sinal de possível recuperação ou crise, o mercado antecipará os movimentos da economia.


"É necessário ter cautela em um momento de incertezas como o atual"

Muito comum entre os analistas financeiros, esta afirmação é tão tola por causa de seu conteúdo óbvio.
Primeiro porque NUNCA estaremos em um momento de certezas. Alguém consegue apontar um momento na história do mercado de ações onde já foi presenciada a certeza?
Segundo porque esta afirmação sugere que somente em momentos de incertezas é que os investidores devem ser cautelosos. Dessa afirmativa podemos concluir que em momentos de certezas os investidores não precisam da cautela, o que seria ilógico.
Alguns teóricos podem afirmar que as “incertezas” se referem apenas aos momentos de crise (como a atual crise europeia). Após a crise passar, as incertezas não seriam totalmente excluídas, mas sim minimizadas. Mas não se engane. Provavelmente muitos investidores estavam pouco receosos no dia 10 de setembro de 2001, um dia antes da queda das Torres Gêmeas, símbolo econômico norte-americano. O mesmo pode ser dito em relação às crises de alguns países, blocos econômicos, commodities, ataques terroristas, alta inflação, eclosões de guerras, falência de empresas gigantescas, e muitas outras catástrofes que normalmente chegam sem avisar. Não espere que o momento de incerteza cesse.
Leve a seguinte frase para o seu manual de investidor: “Sempre estaremos em momentos de incertezas. Por causa disso, a cautela sempre será necessária.”


"Evite comprar em topo histórico"

O topo histórico de uma empresa é o maior valor no qual foi negociada. Comprar no topo histórico significa que nunca na história da empresa ninguém ousou pagar um preço maior que o seu.
A ideia de comprar no topo histórico induz um risco psicológico nos investidores. Como a natureza do mercado é oscilar e como ninguém negociou a um valor maior que o topo histórico, os investidores imaginam que provavelmente estas duas situações continuarão. Concluem que comprar no topo é um mau negócio e que o melhor a ser feito é aguardar a ação oscilar para baixo.
A afirmação tem certo sentido. Mas grande parte desta avaliação se deve ao medo, que é um dos maiores inimigos do investidor. O medo de perder pode fazer com que o investidor abra mão de uma grande oportunidade.
Com o passar do tempo, a renda das pessoas aumentam, a população cresce, os preços são inflacionados e os produtos encarecem. Para suprir estas necessidades, as empresas investem cada vez mais em crescimento para suprir estas demandas. Seus lucros acompanham este crescimento, o que acaba refletindo nas suas cotações. É normal esperar que os topos históricos sejam vencidos ao longo do tempo.
Por isso, deixar de investir em boas empresas só por causa do topo histórico pode ser falta de sensatez. O ideal é o investidor avaliar a empresa independente da cotação. Se ela possui boas perspectivas de crescimento, aquele topo histórico um dia será vencido.


"A ação já valeu 30 reais. Agora está valendo 3 e está muito barata"

Muitos investidores fantasiam a ideia de que uma ação que caiu muito não pode cair mais. Pior do que isto, eles imaginam que uma ação que caiu muito um dia retornará ao seu patamar anterior.
Pensamento comum de investidores iniciantes, esta ideia não poderia estar mais errada.
Primeiro porque o mercado de ações é um ambiente onde milhões de investidores e instituições avaliam as empresas. O resultado desta avaliação é representado pelo preço de negociação, o que faz com que este preço esteja diretamente correlacionado à empresa. Se uma empresa está mal das pernas, o mercado mais cedo ou mais tarde estará disposto a negociá-la a preços cada vez menores, situação que continuará enquanto a empresa permanecer ruim.
Segundo porque em muitos momentos o mercado é ineficiente. O preço de 30 reais pode ser considerado um preço insano para a referida empresa. Ao cair para 3 reais, o preço ainda poderá estar caro.
Terceiro porque não está escrito em nenhum lugar que uma ação retornará ao preço anterior. Você pode procurar em todos os regulamentos da bolsa de valores, na lei das sociedades anônimas, no estatuto da empresa, no seu contrato da corretora ou na constituição federal. Não há nenhuma referência a esta afirmação.


Por enquanto deixarei apenas essas afirmações no paredão. Para prosseguir, leia a parte 2, que já foi postada.
Você concorda ou não concorda que estas afirmações acima são tolas? Deixe seu comentário abaixo!

15 comentários:

  1. Confesso que eu pratico o "O ideal é esperar a situação atual se acalmar para investir em ações"
    Também conhecido como Market Timing. Mas o faço baseado em gráficos e jamais em analistas. Em gráficos semanais e mensais é difícil errar o mercado costuma respeitar topos e fundos nesses períodos. Dá mais trabalho? Sim!

    http://traderlp.wordpress.com/2012/02/25/minha-acao-do-momento-e-nao-agir/

    Baseado nisso inclusive eu não compraria nada agora. "O ideal é esperar a situação atual se acalmar para investir em ações" :)

    ResponderExcluir
  2. Belo texto, principalmente pela parte que o marcado de acoes antecipa os acontecimentos. Querer achar "pontos de entrada" eh furada.

    ResponderExcluir
  3. TradeLP
    Pelo que entendi na sua postagem você decidiu esperar porque ainda não rompeu o topo histórico. Você está esperando romper o topo histórico para investir. Você prefere então comprar mais caro a comprar mais barato? Mas é exatamente isto que eu falei.
    Antes de a situação "se acalmar", provavelmente o mercado estará mais caro. Se a sua estratégia é comprar mais caro, então está fazendo um ótimo trabalho.
    Eu estou investindo antes daquela época de default da Grécia e da dívida americana. Quando estávamos no olho do furacão, fiz as maiores economias possíveis para investir cada centavo na turbulência. Se eu pudesse voltar no tempo, investiria tudo na época da quebra do Lehman Brothers. Parecia que o mundo iria acabar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo q entendi o TraderLP procura entradas pela AT, enquanto a maioria aqui prefere AF. Acho que o principal e' ter um plano, não e' pq ta em topo que deve ou não deve comprar, se a empresa vem apresentando lucros crescentes ou se ta rompendo resistência com volume, cada um com seus critérios, e' compra, caso contrário e' procurar uma ação mais atrativa.

      Excluir
    2. Entendido. Mas já conteceu diversas vezes no mercado de ações o índice ficar anos sem rompor o topo histórico. É um teste de paciência.
      Enquanto isso não acontece, vou comprar o máximo possível de ações e reaplicarei os dividendos recebidos.
      Obrigado pelos comentários.

      Abraços

      Excluir
  4. Até hoje ainda não consegui vencer essa "Evite comprar em topo histórico"...rs
    Bato o olho no gráfico dos últimos 2 anos e quando vejo que está no topo,
    não me sinto emocionalmente bem de comprar...
    Sei que é psicológico, mas ainda é bem difícil pra mim.

    ResponderExcluir
  5. É eu passei por este dilêma com a AMBV4 rsrs eu não entrei a tempos atras e agora ela não para de subir e agora só mesmo com uma outra crise para ela voltar! hehe ou qdo o meu capital disponivel para ações for o suficiente para compra-la! rs

    Abços

    ITM

    ResponderExcluir
  6. ID
    Não é só difícil para você. Antes eu tinha esta neurose mas depois de uma análise percebi que não era bem assim.

    ITM
    Talvez nem com crise ela volte kkkkk. Ela passou 2008 muito bem.

    ResponderExcluir
  7. Evitar comprar em topo é besteira, depende da açao, do volume, do cenario economico, se nao esta tudo "esticado", questao de estudo, algumas acoes superam topos sem parar, vide a AMBEV atualmente, a CSN uns anos atras. Estudo e estrategia nao fazem mal a ninguem :)
    Momentos de incerteza podem ser os melhores para investimentos, adoro mercado volatil.
    Mas uma coisa é certa, qdo tudo ficar calmo, é hora de começar a ter cuidado rsrsrsrs
    Beijao

    ResponderExcluir
  8. Concordo com tudo, perfeitos comentários. Abraços

    ResponderExcluir
  9. Como é de praxe, um excelente post no AdP. Concordo plenamente com esses "protestos".

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  10. Muito bom esse post! Realmente um monte de besteira! Os analistas de mercado são autores de muitas dessas "besteiras". Por isso eu insisto no fato de que o investidor sempre deve ter condições de fazer suas análises, para não correr o risco de um "guru" desses faça para você!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Muito bom esse post! Realmente um monte de besteira! Os analistas de mercado são autores de muitas dessas "besteiras". Por isso eu insisto no fato de que o investidor sempre deve ter condições de fazer suas análises, para não correr o risco de um "guru" desses faça para você!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Excelente texto, filantropic! Muito bom mesmo, tanto esse como a "parte 2" [ManoScience]

    ResponderExcluir

Anônimos, contribuem e deixem um nome para que seja possível outras pessoas fazerem referências, estabelecendo melhor a troca de ideias. Educação é sempre bem vista.
Mensagens de trolls serão moderadas.