quarta-feira, 6 de junho de 2012

A bolsa e seus investidores – 2


Na postagem “A bolsa e seus investidores”, que pode ser acessada AQUI,  compartilhei com você um interessante gráfico que mostra que grande parte dos investidores (80% do total) da bolsa investem menos de 35 mil reais e que 60% do total investe menos de 11.500 reais. Não é um valor tão alto, o que prova que é lenda aquela frase que diz que “para investir na bolsa de valores, é necessário muito dinheiro”.
Compartilharei com vocês outro dado muito interessante. Retirei de um informativo semanal (29 de maio de 2012) da Geração Futuro. O gráfico de antes dividia os investidores pela quantidade aplicada. Já a tabela abaixo, divide os investidores de acordo com a sua faixa etária:



Como podem ver, a maior quantidade de contas são de pessoas que estão na faixa de 26 a 45 anos, representando 51,2% do total. Grande parte dessas pessoas tem o perfil da nossa comunidade de blogueiros investidores. São pessoas que trabalham e investem na bolsa em busca da independência financeira, seja através de compras mensais, trades ou outras estratégias de investimentos.
Mas quem manda na bolsa são os mais velhos. Apesar de estarem em menor quantidade, os maiores de 56 anos possuem uma participação de 61,7% do valor aplicado na bolsa de valores.
Há muitas outras informações que podem ser retiradas dessa tabela. E muitas deduções também.

Deduções e cruzamento de dados
Repararam que os investidores com faixa etária de até 15 anos, apesar de ser a minoria, possuem um valor médio aplicado respeitável? A média deles é maior do que a média dos jovens trabalhadores (26 a 45 anos). Por que será? Bem, acredito que muitos que estão nessa faixa de idade fazem parte da nova geração dos que “realmente mandam na bolsa”. Muitos desses investidores adolescentes são filhos e netos de quem tem 46 anos ou mais, e por isso possuem um investimento desde seu nascimento. Esses “aborrecentes” nos surpreenderão daqui a uns 20 anos.
Como disse anteriormente, a pirâmide nos diz que 80% da bolsa investe menos de 35 mil reais. Podemos deduzir que grande parte desses investidores possuem entre 16 e 45 anos, pois estes além de serem maioria da bolsa (57,5%), também possuem o menor valor médio aplicado. 
Será que a nova geração geração mudará este fato? Tenho minhas dúvidas, pois eles representam apenas 0,4% da bolsa. Quer ficar mais desanimado? Se a bolsa possui cerca de 570 mil investidores, a nova geração representa apenas 2280 crianças e adolescentes espalhados pelo Brasil! Com jeitinho elas cabem em um único trem de 6 vagões do metrô de São paulo.

O alento
Como podem observar, as pessoas de maior idade possuem maior quantidade de recursos acumulados, isto graças a um maior período de acumulação. Para alento dos blogueiros investidores, se hoje possuímos pequenos aportes e poucos recursos acumulados, provavelmente amanhã desfrutaremos uma riqueza maior, e faremos parte de “quem manda na bolsa”. Dentre os blogueiros investidores, há alguns de maior idade que provam isso.
E você leitor, achou algum dado interessante que não foi falado. Deduziu algo? Compartilhe abaixo!

20 comentários:

  1. Grande Post!

    Acho que o fato de pessoas com mais de 56 anos representarem pouco em número de contas traz uma informação interessante: Muito dos investidores sêniores já usufruiram(ou sofreram) com a renda variável, e após acumularem um bom patrimônio voltam a ter uma visão conservadora e preferem a comodidade da Renda Fixa.

    Além disso é fácil observar que com o passar do tempo, surgirão jovens com uma cultura investidora cada vez mais consolidada, até chegarmos em um patamar muito comum nos EUA e Europa: Pessoas que nunca se sujeitaram a obedecer chefes e nem colocar terno e gravata, fazendo sua renda apenas "brincando" no Home Broker.

    Brilhante Post! Siga firme em busca da IF.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente observação, ADM. Muitos senhores de idade passaram parte do dinheiro da bolsa para a renda fixa.

      Abraços

      Excluir
  2. Olha só, único fato interessante disso... eu estou na faixa dos 26 aos 45, meu pai na acima de 46 e minha baby abaixo dos 26 :P

    Mas é isso mesmo AdP, começamos com pouco e o montante vai crescendo, depois dos 50 a vida fica mais tranquila, ao menos é o q observei com os poucos investidores acima de 60 q conheço (poucos mesmo, dá p contar nos dedos de uma mão do Lula kkk).

    Mas tenho minhas duvidas em relação a esses pequenos investidores (menos de 20) q os pais ou avós investem no nome deles, pois se não forem educados p isso corretamente, não seguirão o caminho, igual antes qdo os pais abriam poupança p os filhos, aí eles chegavam aos 18 e sacavam tudo, alias, tenho uma prima q chegou aos 20 e pegou todo o dinheiro q o pai guardou p fazer uma plastica, atualmente não tem reserva alguma

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ficou estranho:
      "único fato interessante disso" que não foi citado no texto!!!!
      que aliás está muito bom :)

      Excluir
    2. Entre 26 e 45? Rolou uma fofoca na cozinha que você já é cinquentona, Dona Ostra, kkkkkkkk.
      Os investidores mirins já são poucos. Se eles queimarem o dinheiro, já era. Deve dar uma dor no coração dos pais ver isso acontecer. Já pensou a Baby Ostra fazendo isso?

      Abraços

      Excluir
    3. :'(
      tenho menos de 38 tá bom seus fofoqueiros?? (ok, não por muito tempo rsrs)

      por isso eu tenho ensinado ela, tenho esperanças de funcionar, não acabe com elas!!!
      mas sei q alguns q investem em nome dos filhos não se dá a esse trabalho, são pessoas com muito dinheiro e q alem de tudo mimam os filhos com tudo q podemos imaginar

      uhmpf... cinquentona... vai ficar sem café por 1 mes depois dessa :P

      Excluir
    4. Srta Ostra! a Baby Ostra será uma grande investidora com um ótimo gosto musical, se puxar a mãe, haha.

      Excluir
    5. Se a Ostra teve a Baby nova, na faixa dos 20 e pouco e ela tem 10 anos só um desinformado pensaria que ela tem 50... Deve ter uns 32 anos é meu chute rsrs.

      Excluir
    6. Relaxa, GI. Foi só uma brincadeira. Não leve a sério, ok?

      Abraços

      Excluir
    7. kkk claro q foi brincadeira :) inclusive brinquei com isso no meu ultimo post
      GI, seu chute tá errado rsrsrs, podem voltar p cozinha e continuar tentando adivinhar :P

      Excluir
    8. Desculpem eu não fiquei nervoso, a internet dá essa impressão e por isso eu uso carinhas! rsrs :)

      Excluir
    9. Se a Ostra não tiver uns 50 anos pelo menos é marmelada! kkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Muito bom, AdP. Minha interpretação para isso é a seguinte: acho que um esses dados devem-se muito ao comportamento das pessoas de acordo com suas faixas etárias. Normalmente nós, mais jovens, queremos ter o carro do ano e passar muito tempo "living la vida loca". Como em muitos casos moramos com os pais, não temos a preocupação de acumular capital para termos um futuro um pouco melhor. Já a "massa" da bolsa, concentrada entre os 26 e 55 anos, é de pessoas que investe buscando um futuro um pouco melhor, mas com menos idade ainda se está começando a "construir a vida", então o valor naturalmente é menor. Muitos desistem após algumas crises, o que deve justificar o número reduzido de investidores acima dessa idade. Como os que "sobraram" certamente tiveram o sangue-frio de manter-se comprados na baixa e foram fazendo aportes regulares, ou então fizeram bons trades quando o mercado "permitiu", o valor do patrimônio destes naturalmente aumentou e hoje são esses senhores que "mandam" na bolsa de valores.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom! Mas ainda temos um longo caminho... esse número de contas na Bovespa representa 0.5% da população economicamente ativa no Brasil, e se não me engano, essa contagem pode estar duplicada para os PFs que tem conta em mais de uma corretora. Mas, como o ADM disse, também acredito que a tendência é chegar na representatividade de um país desenvolvido (alguem sabe a porcentagem?). Hoje, os alunos do colégio já estão aprendendo Finanças... coisa que aprendi depois de formado, não é ótimo? E é importantíssimo que os pais ensinem os filhos a lidar com o dinheiro para que essa tendência tome um rumo sólido!

    Tenho 25 e quero chegar aos 50tinha mais sussa... ou pelo menos me esforçar para isso hahah

    Ótimo Post! AdP. Vou segui-lo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Estou na faixa de 16 a 25 anos e pelo jeito acompanhando a média dos investidor :( que triste, não gosto de estar com a massa. Daqui uns 20 anos 36,8% do valor aplicado em Bolsa irá para os netos ou filhos desses idosos e provavelmente vão tirar tudo de lá ai caberá a nós novos investidores dominar o mercado, mwahahaha.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. qdo isos acontecer nós seremos os 'velhos investidores' :)

      Excluir
  6. Tem algo errado aí... A minha faixa etária (26-35 anos) tem média de saldo de 31 mil investidos e na minha conta tem zero... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Socorro AdP! Como eu coloco um day trade na sua planilha?

    O meu problema é que eu zerei as minhas posições no mês de maio e agora quando coloco qualquer número em junho ela sai dizendo que não pode dividir por zero.

    O que eu faço????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eike.
      A planilha é de acompanhamento mensal, não de operações individuais. Então seu preenchimento continua sendo o mesmo. De um lado o aporte do mês, no outro o valor da carteira, independente de ter zerado operações, ter feito daytrades, colocado na poupança ou seja o que for. Espere o mês fechar para preenche-la.

      Abraços

      Excluir
    2. A tá! Vou ver se consigo agora amigo AdP. Se eu me atrapalhar, eu berro! kkkkkkkkkkk

      Um abraço!

      Excluir

Anônimos, contribuem e deixem um nome para que seja possível outras pessoas fazerem referências, estabelecendo melhor a troca de ideias. Educação é sempre bem vista.
Mensagens de trolls serão moderadas.