terça-feira, 16 de outubro de 2012

Simulação de compras mensais - EMBR3 - Introdução


Como vocês sabem, sou defensor da estratégia de compras mensais de boas empresas. Os dividendos recebidos serão reinvestidos com o objetivo de potencializar a carteira de ações. Uma boa diversificação (desde que não seja extrema) é bem vinda.
Entretanto, tenho lido comentários de pessoas que duvidam da estratégia. Há pessoas que confiam mais nos ganhos rápidos através da compra/venda frenética de ações. Sim, é plausível e não tenho nada contra quem pratica esta estratégia. Eu mostro respeito pelas outras estratégias, pois estou ciente de que não tenho uma estratégia perfeita ou mágica. Infelizmente muitos não pensam assim das estratégias alheias. Já li comentários que dizem que é impossível obter ganhos respeitáveis através das compras mensais, ou que é mais fácil acertar na megasena do que acertar a compra de uma boa empresa.
Além disso, os dividendos sempre são colocados em xeque. Muitos dizem que não tem nada a ver o ajuste que a ação sofre referente ao pagamento do dividendos. Como eu expliquei AQUI, se um ação de R$10,00 paga R$1,00 de dividendos, seu preço será ajustado para R$9,00, fazendo com que o investidor tenha os mesmo 10 reais antes e depois do pagamento de dividendos. Muitos acham isso um absurdo e não conseguem visualizar vantagens nisso. Há quem diga que por causa deste ajuste é impossível viver de dividendos.

Diante disso, resolvi fazer simulações de compras mensais em diferentes perspectivas, que serão explicadas adiante. 
Simulei um personagem chamado Zé Teimoso que resolveu fazer compras mensais da Embraer desde o ano 2000.



Por que Embraer? Você nunca verá nenhuma notícia que diz que a Embraer valorizou 8000% em tal período, ou que fulano ficou rico com a empresa, ou que beltrano vive hoje graças aos dividendos dela. Ela é uma empresa que performou mal no período analisado e que pagou poucos dividendos. Acho que a escolha dela dará mais credibilidade ao estudo do que se fosse escolhida uma empresa TOP, que multiplicou seus lucros por 10 e que paga excelentes dividendos.
Por algum motivo Zé Teimoso escolheu esta empresa, que nunca possuiu balanços consistentes e nunca pagou dividendos respeitosos, além de estar em um setor historicamente complicado. Assuma que ele escolheu esta ação por causa de uma notícia em uma revista especializada.

Fiz 3 simulações, com 3 perspectivas de investimentos:
1-Com reinvestimento de dividendos
2-Sem reinvestimento dos dividendos, sendo eles guardados em uma conta separada.
3-A empresa não pagou os dividendos, fazendo ela mesma um grande caixa. Por causa disso, sua cotação não sofreu os ajustes de pagamento de dividendos.

Algumas considerações:
-Foram usadas as cotações da época, disponibilizadas no site da Bovespa.
-Foram considerados todos os dividendos. Os JSCP sofreram sua tributação de 15% de IR.
-Zé Teimoso abriu uma conta em uma corretora que cobra 2% de taxa de corretagem
-Zé Teimoso fez aportes trimestrais de R$2000,00, que é uma valor razoável.
-O período analisado é de 1T2000 até 4T2011.
-Na simulação de reinvestimento de dividendos, Zé Teimoso acumula seus dividendos do trimestre para reaplicá-los junto com seu aporte trimestral.
-A cotação de compra é a de fechamento do primeiro dia útil do trimestre.

Para que a postagem não fique muito grande, cada simulação será feita em uma postagem diferente, a serem postadas em dias seguidos. Através das impressões e comentários deixados nas simulações, vocês construirão comigo a postagem conclusiva.
Não é comum ver este tipo de postagem, pois dá um certo trabalho para construir estas simulações. Espero que apreciem estas postagens e que deixem seus comentários a fim de enriquecer a troca de ideias.

21 comentários:

  1. aguardo ansiosamente as simulações :D
    apesar de já imaginar o resultado rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ostra, eu fiquei um pouco surpreso com o resultado.

      Abraços

      Excluir
  2. Esses posts tipo mini-série me deixam apreensivo!
    No aguardo para ver o resultado. Bom trabalho.

    ResponderExcluir
  3. Ótima ideia em AP, espero que nossa estrategia se mostre vencedora, mesmo não escolhendo as melhores empresas, vamos ver... rsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver as 3 perspectivas e tirar nossas conclusões.

      Abraços

      Excluir
  4. Sempre ouço falar que aportar sempre em empresas constantes no longo prazo rende bons lucros, porém é algo difícil de se acreditar diante de nossa mente imediatista. Aguardo ansiosamente os resultados, dependendo deles poderei fazer outras simulações e mudar minhas estratégias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Difícil de acreditar e de fazer, mas possível.
      Espero também a sua contribuição nos comentários para montarmos a postagem de conclusão.

      Abraços

      Excluir
  5. Adoro essas simulações! Ótimo estudo Adp! Vou acompanhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro.
      Já reparei que as postagens que possuem cálculos e números não são tão populares, mas acho que esta poderá agradar mais gente.

      Abraços

      Excluir
  6. Pensando sobre dividendos, resolvi fazer um estudo:

    Quem aplicou R$ 100.000 em PETR4 em 1996 e carregou até hoje, com duas vertentes:

    1) Sem reinvestir dividendos
    2) Reinvesitindo dividendos

    Os resultados de patrimônio final foram, aproximadamente:

    1) R$ 2 milhões
    2) R$ 4 milhões

    Se os dividendos não servem pra nada é só me dar... rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria bom fazer também uma simulação caso a empresa não pagasse os dividendos, sendo então sua cotação não tendo o reajuste.

      Abraços

      Excluir
    2. AdP,

      independente do que falem por aí, esse reajustes é uma regra contábil. Tem alguns malucos que ficam inventando coisa, mas o reajuste é simplesmente por isso.

      Se tem uns caras q não aceitam, deixem eles. Não entendem nada de contabilidade e ficam reclamando... outro dia falei isso lá no post do Eike e quase fui crucificado por alguns... tem gente que nem se dá ao trabalho de ler o básico...

      []s!

      Excluir
    3. To ligado, Di.
      Não aceitam porque na verdade não entendem o motivo.

      Abraços

      Excluir
  7. Olá AdP,

    o reinvestimento dos dividendos potencializa muito a carteira. O efeito de juros compostos vem exatamente deste hábito. Vamos acompanhar o estudo.

    Bons investimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conto com sua contribuição nos comentários, G65.

      Abraços

      Excluir
  8. A 3º perspectiva vai ser a mais complicada hein hehehe

    Boa sorte e aguardo ansioso.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem tanto. Depois que automatiza as fórmulas no Excel, fica fácil implementar. O negócio é saber se o pagamento dos dividendos é viável ou não.

      Abraços

      Excluir
  9. Pretendo acompanhar a série e também adotar essa estratégia. Tomara que os resultados sejam bons. rs

    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Parabéns! Será uma ótima postagem, sem dúvida.

    ResponderExcluir
  11. Resultados conforme esperado, uma vez que você furou uma das suas premissas: compras mesnai de BOAS empresas.
    Você meso destilou o veneno contra a empresa e a classificou como ruim. Não entendi porque foi adiante com a simulação. Quis provar que compras mensais de empresas ruins também tem retorno? So sorry. Empresa ruim não dá retorno.

    ResponderExcluir

Anônimos, contribuem e deixem um nome para que seja possível outras pessoas fazerem referências, estabelecendo melhor a troca de ideias. Educação é sempre bem vista.
Mensagens de trolls serão moderadas.